sexta-feira, 30 de janeiro de 2009


Enquanto houver estrelas
Enquanto houver luar
Embalados nas asas da poesia
Podemos sonhar...

Embarcamos neste sonho
Navegando com ilusão
Grandes vagas nos assombram
Arrastados pela correnteza
O intrépido vento a sibilar
O raivoso trovejar, lampeja
Trazendo a fria chuva a fustigar;

A tempestade findou...
O mar serenou...
Céu azul, mar anil...
Alegres gaivotas em revoadas
A brisa leve exala um perfume
Com suave fragrância
De primavera
De flores e de amores.

Aportamos em ancoradouro seguro
A vida com esperança
Desabrocha em nós...
Em cada flor
Em cada pássaro
Em cada amor...

Rita Camargo Caldas

17 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Muito bonito isso, fez uma bela escolha, parabéns...
beijos e uma boa madrugada
te amo

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Eduardo.

Que seria de nós sem o sonho e sem o amor?

Muito lindo!

UM BELO FINAL DE SEMANA!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥

Isa disse...

Passei para visitar este espaço tão belo e poético;para agradecer ao mue Amigo o Carinho dado à Maria;e dizer q. estou de volta.
Beijo.
isa.

Bill Stein Husenbar disse...

Enquanto o sonho assim for, será possivel viver feliz.

Encantado

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Nade disse...

Amado, estou saindo de férias e ficarei um pouco ausente da blogosfera... Claro que tentarei estar presente, mas não será com a mesma frequencia. Por isso, fiz um selinho pra que não esqueçam de mim... ;) É um presente, não tem nada de repasse obrigatório ou algo do gênero, ok! Repassa, se quiser... Está lá no meu blog. Pega ele pra você!
Fique com Deus e que tenha muita paz no coração!
Prometo que terei muitas novidades para dividir!!!
Um beijão!

Cadinho RoCo disse...

Tão bom amar e sentir o mar na brisa das asas de gaivotas em sonhos que voam em outros sonhos e mais sonhos.
Cadinho RoCo

Carlos Barros disse...

Versos muito bem articulados e ao mesmo tempo de uma sensibilidade maravilhosa.
Belíssimo poema esse da Rita Camargo

Grande abraço!

...AMORE... disse...

adorei seu blog...parabéns!!!
grande abraço!

Lia disse...

O sonho comanda a vida..;0)Adoro poesia!!!Bom fim de semana.Deixo-te um sorriso:0)

PROFESSOR CARLÃO disse...

Desejo-lhe reciprocidade em todas as suas intenções, quando todos os finais de semana nos premia com palavras muito bonitas! Abraços!

(Carlos Soares) disse...

Obrigado, amigo.Igualmente..
Vim desejar um excelente final de semana,deixar meu abraço e pedir que vá ao meu blog,dentro do possível.Tenho uma grande notícia.Obrigado por tudo

Izinha disse...

Ótimo fds prá vc tb...

bjo grande!

Ana Patudos disse...

Olá
Foi a primeira vez que visitei o seu blogue e gostei bastante do seu conteúdo, quer em palavras, quer em imagens, parabéns.Voltarei concerteza mais vezes. Aproveito para lhe fazer o convite de visitar o meu humilde espaço que tem por nome:
www.pauldospatudos.blogspot.com
Seja benvindo
Fique bem
Ana Paula

Rosa Carvalho disse...

Eduardo
Cada vez que navego no seu blog me encanto com as poesias.
A única coisa que não podemos perder é o sonho, sem sonho não há esperança, não a vida.
Um ótimo final de semana.
Beijos Rosa

Rosa Carvalho disse...

errata: não há vida

Jorge Vieira Cardoso disse...

linda poesia na leveza das asas, que nos envolve na trajecto até ao ancoradouro seguro...

Bom fim de semana...

Luísa Ataíde disse...

Passei por aqui, copiei a imagem, me inscrevi como seguidora e gostei de tudo.
Seu blog é lindo!