sábado, 17 de janeiro de 2009


O meu amor tem lábios de silêncio
E mãos de bailarina
E voa como o vento
E abraça-me onde a solidão termina
O meu amor tem trinta mil cavalos
A galopar no peito
E um sorriso só dela
Que nasce quando a seu lado eu me deito
O meu amor ensinou-me a chegar
Sedento de ternura
Sarou as minhas feridas
E pôs-me a salvo para além da loucura.
O meu amor ensinou-me a partir
Nalguma noite triste
Mas antes, ensinou-me
A não esquecer que o meu amor existe.

Jorge Palma

25 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Maravilhoso...lindo...
te amo
beijo

Flávia disse...

O seu amoe é um amor bonito. Sorte daquela que é seu fiel depositário...

Um beijo, moço.

Isa disse...

Linda homenagem ao seu Amor!
Sejam Felizes,meus Amigos.
Beijo.
isa.

rouxinol de Bernardim disse...

Não conhecia a canção mas está divinal1

Avid disse...

Jorge Palma... bela escolha.
Bjs meus

f@ disse...

Obrigado pela visita ás nuvens...
Belo espaço, tb gosto imenso deste poema de JP...

Beijinhos das nuvens

Su disse...

já tinha passadp por aqui e nada tinha dito....

voltei, hoje e tenho de dizer que é um prazer ler tuas escolhas...poemas/fotos

voltarei


jocas maradas..sempre

Lili disse...

Muuuuito bonito! =)

Um ótimo domingo pra vc tb!

grande beijo

Tatiana disse...

Belíssima poesia!
Assim como acredito ser belo o amor que pulsa em Ti!

Uma semana repleta de dádivas ao seu coração!

Um abraço carinhoso

Lu disse...

Obrigada! O mesmo desejo à vc!

bjos.

Rosa Carvalho disse...

Olá Eduardo.
Que poema lindo de Jorge Palma amei, de uma profundidade imensa, o amor... ah o amor, faz tantas mudanças em nossas vidas...
Bom final de semana para o casal.
Um abraço Rosa

Luís Galego disse...

ao acaso encontrei esta página e não é por acaso que é muito interesssante encontrar as palavras de Jorge Palma por aqui...um abraço...

* Patty Meirelles * disse...

Obrigada pelo carinho de sua visita.
Tem selinho pra vc lá no blog.
Boa semana!

Juliana disse...

Que lindo. Lindo, lindo, mesmo.

Cecília disse...

Lindo, muito lindo mesmo!!!!!

Passando para desejar um ótimo domingo e uma semana maravilhosa!!!

Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EDUARDO, TEXTO BONITO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Lígia Rosso disse...

Eduardo, lindo esse poema!!
O amor é mesmo um paradoxo, mas um paradoxo que faz a vida valer a pena!
Um abraço iluminado pra ti e para a Sônia. Tomem um banho de mar por mim na Ilha da Magia.
Com carinho,
Lígia

*izil* disse...

O vero amor é sempre belo,
abraços, bom final de semana.
izil

LaLa! disse...

"O tempo é muito lento para os que esperam;
muito rápido para os que têm medo;
muito longo para os que lamentam;
muito curto para os que festejam.
Mas, para os que amam, o tempo é eternidade."



[William Shakespeare]

Te desejo uma semana mais que perfeita =D e amei seu blog.. Daki eu num saio daki ninguém me tira ;D

Cris Animal disse...

Alguns textos, poesias são escritos em momentos mágicos...únicos.
Lindo não expressa tudo, mas...é lindo!
beijo
..............Cris Animal

Juliana disse...

Oi Edurdado, o Homem Apaixonado, hahaha


tem um meme no 3MP que é a sua cara.
Passa lá! bjos

Flor disse...

Vim agradecer por acompanhar meu blog e dizer q seus poemas são lindoss!!!!!! Gostei mt e sempre voltarei aki! =)

Bjos!
=**

Carlos Barros disse...

Belíssimo em versos e imagem de puro requinte.

Abraços.

Aura Sacra Fames disse...

Amor, gostei do poema, afinal é Neruda, é notório a sensação de amor, o cheiro de lírios que sente-se ao entrar em seu blogue, letras de um eterno apoixonado.


Abraços
aurasacrafames.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

O que posso dizer: lindooo

beijooo.