sábado, 18 de abril de 2009

SONETO


Pálida à luz da lâmpada sombria,
Sobre o leito de flores reclinada,
Como a lua por noite embalsamada,
Entre as nuvens do amor ela dormia!

Era a virgem do mar, na escuma fria
Pela maré das águas embalada!
Era um anjo entre nuvens d'alvorada
Que em sonhos se banhava e se esquecia!

Era mais bela! o seio palpitando
Negros olhos as pálpebras abrindo
Formas nuas no leito resvalando

Não te rias de mim, meu anjo lindo!
Por ti — as noites eu velei chorando,
Por ti — nos sonhos morrerei sorrindo!

ALVARES DE AZEVEDO

17 comentários:

Conceição Duarte disse...

"Não te rias de mim, meu anjo lindo!
Por ti — as noites eu velei chorando,
Por ti — nos sonhos morrerei sorrindo!"

Que coisa linda, Alvares de Azevedo!
Muito lindo...
Tenha uma boa noite e bom feriado para vc!

Bjus, CON

Solange Maia disse...

Eduardo,

Gosto da delicadeza que sempre encontro por aqui...

Um beijo especial,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Nanda Assis disse...

lindo lindo!!! sempre perfeito, um encanto.

bjossss...

Luísa disse...

Publicar é amor pela arte das letras.
Este poema é mais um acto de amor de quem o escreveu e de quem o divulga.
Gostei muito, Eduardo!
Beijinho terno!

gaivota disse...

lindo poema, cheio de ternura...
bom domingo
beijinhos

Ana Lúcia Porto disse...

Sublime... E a foto casou perfeitamente..., lindíssima...
Bjss, Edu e obrgd pela visita, apareça sempre que puder, vou gostar muito,
Ana Lúcia.

Izinha disse...

Lindo soneto, como sempre as escolhas são perfeitas.

lindo domingo prá vc!


bjos!

Liz / Falando de tudo! disse...

"Por ti — as noites eu velei chorando...
Por ti — nos sonhos morrerei sorrindo!"
Vim aqui porque gostei do titulo do teu blog, e acho que vou ficando porque gostei do que escreves...

SAM disse...

Olá!


Vim visitar a tua casa virtual...Que bonita! Adorei ver o romantismo de Alvaro de Azevedo. Lindo soneto! Bela escolha.


Beijos e ótimo domingo!

Juℓi Ribeiro disse...

Eduardo:

Agradeço a amável visita.
Seja sempre bem vindo!
Lindos versos de Alvaro de Azevedo!
A imagem está fantástica.
Adorei as outras postagens.
Um abraço fraterno e feliz.

lua prateada disse...

Muito lindo, a imagem também está um espectáculo...
Passei no entardecer do fim de semana, desejando que a aurora da semana que se aproxima seja bela para ti.
Beijo embrulhado de papel prateado-

SOL

Paulo Sempre disse...

"O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio."
(Khalil Gibran)

Abraço, amigo

Everson Russo disse...

Belissimo poema, belissima imagem, um forte abraço amigo e uma otima semana pra ti...

Agulheta disse...

Belo o poema,o por ti!tudo pode ser e acontecer,e com grande sensualidade feminina,que vai ao encotro deste...por ti?

Beijinho e tudo de bom para ti.

Lisa

Princesa disse...

Nostalgia...
Palavra que cai no vàcuo do silêncio da noite...
penetrando nas entranhas , jà disformes da razao de viver.
Nostalgia...
Saida de mim...
Indo ao encontro do nada!...
E, se o nada nao existe....entao eu , jà nao existo...
Nostalgia...
De uma existência sem fio...
Estou apenas passando...
Um beijo...

Multiolhares disse...

Assim o mar recebe a Deusa das águas
Beijo

Deusa Odoyá disse...

Olá meu amigo poeta.
Um lindo, sublime poema.
Parabéns pelo poema e pela foto.
Uma semana com muita paz e amor.
Beijinhos doces, da amiga.
Regina Coeli.