segunda-feira, 6 de julho de 2009

TEUS OLHOS E DANÇA


1º Poema TEUS OLHOS

No ninho que é o teu corpo,
Encontro a vontade de querer estar
No teu olhar procuro as respostas,
Que os meus olhos questionam
E que os teus tentam esconder

Nos teus lábios tensos,
Guardo a suavidade dos meus
Ansiosos por tocá-los,
Tal pétalas de uma flor exótica

Nas tuas mãos quentes,
Surpreendidas de um toque,
Seguro a ternura e o desejo
De quem quer bem

Levanto o meu olhar,
Deito-o no teu…
Aguardando serenamente,
O momento....
Que se segue!

http://cantosredondos.blogs.sapo.pt/19637.html

2º Poema DANÇA

E eis que a vez da nossa dança chega,
nesta noite de todas as noites
peguei em teus braços e corpo e rodopiei,
os sentimentos á flor da pele
neste aconchego que são os nossos corpos,
atraindo todas as melodias da sala,
rodopiamos em passos arrepiantes,
passos arrojados e destemidos
de tão cadenciados que não entendo


Sfsousa/olharomar
http://rosadesangue.blogspot.com/

5 comentários:

Alda do Crítica... disse...

Vim te agradecer a mensagem no blog do gauchinho meu amigo de Sapucaia. E li as belezas que tens escrito. Que lindo! Vamos dançar esta dança do amor, fique em paz, abraço.
Alda

Secreta disse...

Bonitos os poemas , as imagens...
Obrigada.

Xana disse...

Passei aqui para ler as tuas escolhas e desejar-te uma semana feliz :)

grande abraço!

LOURO disse...

Amigo Eduardo.

Lindas fotos,e belos poemas!!!
Boa escolha...Parabéns!!!

Abraço

Lourenço

Agulheta disse...

Eduardo. a poesia é sempre bela por estes lados e gosto,para não falar das fotos.
Amigo desculpa ainda não ter enviado o poema,o vou fazer,estes dias não tenho tido muito tempo.
Beijinho de amizade