sábado, 2 de janeiro de 2010

COTA DE SAUDADE

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Quem me dera ser chuva
numa gota me transformar
na tua face tocar
e poder-te sentir.

Quem me dera ser gota
e ao teu ouvido sussurrar
passar pelos teus lábios e os beijar
e senti-los a sorrir.

Passar pelo teu corpo
sentir o teu coração a pulsar
com imensa vontade de te amar
de entrar nele e de lá nunca mais sair.

Sandra

14 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Ficou linda esta postagem!!!
beijos, te amo

R.Ferrari disse...

É sempre gratificante passar por aqui. Lindas fotos. Abraços amigo.

{Amar Yasmine}_DEXPEX disse...

Linda família, lindo poema, lindas imagens, lindo o Senhor!

Doces besos!

{Amar Yasmine}_DEXPEX

Brancamar disse...

As suas fotos são sempre uma beleza e todas as palavras que escolhe para as acompanhar reflectem o seu gosto pela vida e pelos afectos.
Tudo neste espaço transpira amor.
Um beijinho para si e um 2010 sempre pleno de afectividade e de muita felicidade.
Branca

Solange Maia disse...

Eduardo,

Que 2010 continue lhe enchendo de poesia e de lindas imagens...

suas palavras me enchem a alma... saio daqui sempre encantada....

beijo grande

Arantza G. disse...

Feliz Año Nuevo lleno de ilusiones y paz.
Un gran beso de amistad

Sereia disse...

Esse blog é muito lindo...
Amei a postagem ainda mais quando a alma precisa do aconchego das palavras.
Um lindo dia.
Bjssssssssss

RaSena disse...

olá, Eduardo!
com palavras simples ela traduziu sentimentos, que quase todos um dia tivemos.
querer ser água, gota, vento, para o amor tocar.
lindo domingo para vocês.
abraços,

Martinha disse...

Quem me dera ter inspiração suficiente para comentar estas belas palavras... mas de momento fugiu xD
Beijo *

GEOGRAFIA NO VESTIBULAR disse...

Abraços e desejo ano muito produtivo e com muitas alegrias.
Boa semana

Mariazita disse...

Para além dum poema bonito, as fotos são muito boas.
Especialmente a da Praia do Forte, que é magnífica.

Renovo os meus votos de um ano muito feliz.

Beijinhos
Mariazita

OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ

angela disse...

Ai quem me dera...
Linda foto e poema gostoso.
beijo

RETIRO do ÉDEN disse...

Muito amor por aqui...pelas pessoas pela Natureza!
Abraço
Mer

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Eduardinho

Antes do mais, eu sou mais prosa, mas também gosto de poesia. E, logo depois, adoro que me visites - como vens fazendo - e deixes cumentários, com o. Volta sempre. E opina.

Venho hoje aqui para te dizer que continuo a visitar-te, continuo a gostar de o fazer, continuo a achar excelente o teu blogue, continuo teu Amigo. E espero continuar assim durante este 2010 em que já estamos. A maior parte das vezes, não deixo cumentários, com o, porque não chego para as encomendas…

Muito obrigado pelo que me deste, que foi muito, e a que eu talvez não tenha correspondido como tu mereces. Vou tentar ser um pouquinho melhor nos 361 dias que se seguem. Mas, não prometo nada. Sou um malandro. Bom? Penso que menos mau… De qualquer maneira, oxalá o novo ano te traga o que entenderes melhor.

E peço-te desculpa por este ser um texto comum. Com a quantidade de gente como tu, não podia ser de outra maneira. Não sou uma centopeia, para chegar a toda a parte, muito menos um deus para ser omnipresente. Espero por ti, sempre que queiras visitar-me na minha Travessa.

Abs