segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O MAR

Clique nas fotos para ver no tamanho real


O mar rumoroso que trago em mim,
um mar de sal e conchas que talham os pés,
um mar de areias, poeira, moluscos enterrados.
Te envio o mar que trago nas mãos e
desfio pérolas em contas de lágrima,
alívio, vento no rosto, maresia e iodo, coral.
Te envio o mar que trago nos olhos, ardidos,
cheios de terra, ondas e espuma,
um mar que pode estar perto de ti,
ainda que estejas longe dele.
Te envio o mar que trago na boca,
salitre, sol, palavras fugidias
que não escutarias com a rebentação.
Te envio o mar que faço em mim.

Patrícia Antoniete

12 comentários:

Ana Martins disse...

O mar fonte de inspiração!

Beijinhos e que 2010 seja o ano de todas as realizações, muita saúde, paz e amor.

Ana Martins

Sônia Silvino disse...

Eduardo!
Teu blog provoca um "turismo" na minha imaginação!!!
Bjs!

Sonia Schmorantz disse...

Está lindo este post!
beijos, te amo

Daniel Costa disse...

Eduardo

Uma trecho poético que achei belo, até a condizer com as sempre belas fotos do post.
Será sempre um prazer a passagem pelo meu espaço.
Abraço
Daniel

Alda disse...

Belo post! As fotos são fantásticas, apetece voar para aí...
Um excelente ano!
Bjs

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltei!!!

Obrigada pelo seu carinho.

Feliz 2010!

beijooo.

Morango com leite condensado disse...

Olá!!!

O mar é uma das coisas mais lindas deste nosso mundo!!!

Que seu ano seja abençoado!!! E que todos os seus desejos se realizem.

Bjos

Val Du disse...

Eduardo,

Lindo post.

Ah, o mar é uma maravilha.

Bons dias p/ você.

Beijos.

RETIRO do ÉDEN disse...

Que poste tão belo.
Lindas fotos.
Forte Abraço
Mer

Carmela Alves disse...

Lindo!!

Bjusss

Tatiana disse...

O mar é repleto de mistérios e encantos... Como a nossa vida!

Obrigada por sua visita e palavras deixadas em meu blog.
Que o Sul esteja sendo visitado por muitas pessoas e que todos percebam e conheçam as maravilhas do local.

Um abraço carinhoso

Dois Rios disse...

"te envio o mar que faço em mim".

Belos versos!

Abraços,
Inês