quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

HOJE

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Hoje vou ser rei do meu destino
ser príncipe,de coisa nenhuma
andar, sobre as ondas do mar
e dissolver-me na sua espuma
hoje vou ser, poeta sem palavras
águia sobrevoando,vales e montes
ser pintor sem telas nem pincéis
vou ser paisagem sem horizontes
vou caminhar pela estrada do tédio
para inventar uma nova esperança
construir pontes e destruir medos
fazer de cada tempestade a bonança
vou fazer do tempo um espaço a dois
onde aconchegaremos as desavenças
esconderei os prantos no meio da noite
seremos iguais nas nossas diferenças

MPereira
http://rimasinconsequentes.blogspot.com/

11 comentários:

SANDRA... disse...

buenas nochess amigo hermosa entrada que tengas un bello Jueves, te dejo muchos besitossssssssss

Sonia Schmorantz disse...

Maravilhosas imagens, lindo poema, identifica-se muito com o meu gosto poético!
beijos, te amo

angela disse...

Lindo o poema e as fotos são demais. Desculpe-me a repetição nos comentários, mas é isso.
beijo

RETIRO do ÉDEN disse...

Tudo muito belo como sempre.
Fotos lindíssimas e poema muito bem escolhido.
Abraço
Mer

Everson Russo disse...

Hoje, com toda força e fé, construiremos o futuro....abraços amigo e um belo dia pra ti.

Tatiana disse...

"...seremos iguais nas nossas diferenças."

Se as pessoas sempre agissem assim nosso mundo seria muito melhor!!!
As fotos são lindas!

Um abraço carinhoso

A Madrasta Má disse...

Fotos Maravilhosas!
Bjinhos da Madrasta e obrigada por todo carinho!

Martinha disse...

As imagens são mesmo inspiradoras a um bom momento de reflexão... e relaxamento mental :)
Beijo *

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo.

Há dias que precisamos voltar a sermos assim.
Dias de sermos céu...
Dias de sermos chão...

Assim nos reencontramos com o que de melhor existe em nós.

Fica com os sonhos sempre.

Marcia disse...

Ah, é um bálsamo visitar o seu blog!
Além de desfrutar de belos poemas, as imagens me levam por alguns minutos ao meu belo país.
Beijos com carinho

Sonhadora disse...

Eduardo
Muito belo o poema.
E lindas fotos.
Obrigada pelo carinho.

Beijinhos
Sonhadora