sexta-feira, 7 de maio de 2010

Ameaçou Chuva


 E a negra
Nuvem passou sem mais...
Todo o meu ser se alegra
Em alegrias iguais. Nuvem que passa... Céu
Que fica e nada diz...
Vazio azul sem véu
Sobre a terra feliz...
E a terra é verde, verde...
Por que então minha vista
Por meus sonhos se perde?
De que é que a minha alma dista?

Fernando Pessoa
 

5 comentários:

angela disse...

Tudo muito lindo, o poema, as fotos, a musica.
beijos

Mariazita disse...

Olá
Como no próximo domingo, dia 9 de Maio, se celebra o Dia das Mães no Brasil, resolvi fazer uma pequena homenagem às minha amigas brasileiras, publicando, no SÁBADO, dia 8, um post no meu blog OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ
Beijinhos
Mariazita
PS - Voltarei para comentar logo que possível.

tossan® disse...

Olá Eduardo que poema lindo de Fernando Pessoa que casa com as tuas ótimas fotos. Saudade da Lagoa. Abraço

Rosa Carioca disse...

Grande Fernando Pessoa!

Sofia Carvalho disse...

Ai o Pessoa Eduardo, não deixou nada por dizer pois não?linda as fotos
abraços:)