domingo, 9 de maio de 2010

CANÇÃO EM OUTRAS PALAVRAS

 
O melhor cuidado com o amor
é deixar que floresça,
pois amor não se cultiva: é flor
selvagem, bela por ser livre.
Como as estações do ano, ele se abre,
dorme, e volta a perfumar a vida.
Amor é dom que se recebe
com ternura, para que não pereça
sua delicadeza em nossa angústia.

O amor não deve encerrar a coisa possuída,
mas ser parapeito de janela, ou cais
de onde se desprendam os revôos
e partam os navios da beleza
para voltar ou não, conforme amarmos:
nem de menos
nem de mais.

(Lya Luft)
 

6 comentários:

direitinho disse...

Bom dia caro amigo

Penso que o importante no amor é que ele cresça e que nunca se torne rotineiro.

O melhor cuidado com o amor
é deixar que floresça,

Sofia Carvalho disse...

..."amor não deve encerrar a coisa possuída,
mas ser parapeito de janela, ou cais
de onde se desprendam os revôos
e partam os navios da beleza
para voltar ou não, conforme amarmos:
nem de menos
nem de mais..."
Kindo Eduardo, as fotos lindas lingas..
Abraços

Rejane-Enajer disse...

Sou fã da Lya Luft-e suas fotos são belas.A da sua mulher contemplando a natureza, está belaaaaaaaaaaaa
Boa semana!!

Agulheta disse...

Amigo! Tem toda a razão o amor tem de ser cultivado com carinho e amor,para que em todas as primaveras da vida ele seja a mais bela flor do nosso jardim.
Beijinho e boa semana
Lisa

Sonhadora disse...

Lindo como sempre, poema e imagens.

Beijinhos
Sonhadora

tossan disse...

Esta tua segunda foto é um bálsamo para os olhos de tossan. Abração

PS: É quarta feira...Lá no olímpico a gente perde.