quarta-feira, 27 de abril de 2011

A PONTE

Meu amor disse-te um dia
que a ponte é uma passagem,
era tudo o que sentia
do que hoje é uma miragem.
*
Passavas a ponte de sorriso
lindo era o teu olhar,
sentia-me no paraíso
sem ter que te amar.
*
Este é um segredo guardado
a morte leve quem o conte,
já não estarei do outro lado 
quando voltares a passar a ponte. 

http://osaldanossapele.blogs.sapo.pt/

5 comentários:

tossan® disse...

Esta praia eu não conheço! As fotos estão ótimas! Abraço

PS: Passar pela Ponte foi fácil o difícil é enfrentar o América lá no México.

Luís Coelho disse...

Uma imagem onde as palavras se completam.
Magnífico.

Sotnas disse...

Olá Eduardo, que tudo esteja bem contigo!
Belo poema e imagem, um identifica-se com o outro! Parabéns pela bela postagem!
Agradeço pela amizade, e desejo a você e todos ao redor muita felicidades, abraços e até mais!

blog da Paraguassu disse...

Olá Eduardo,
Adorei seu poema. E as imagens somam-se ao poema, para dar mais vida ao seu blog, que é encantador.
Por favor, faça-me uma visitinha ao meu cantinho, siga-me e deixe, tbem, um comentário sobre meu post,ok?
Abraços,
Maria Paraguassu.

LOURO disse...

Olá Eduardo!
Linda postagem!!!Um casamento perfeito fotos e poema...Parbéns!!!

Abraço,
Lorenço