domingo, 25 de março de 2012

COMO UM RAIO DE SOL

Como um raio de sol
Foste o meu eterno aquecer,
O meu e único benquerer.

Como um raio de sol
Surgiste entre as colinas,
Para me deslumbrar, me amar;
Como ato de me refugiar.

Como um raio de sol
Vieste para me proteger.
Se necessário, me socorrer.

Como um raio de sol...
Nasceste para vir ao meu encontro.
É impossível evitar tal pensamento.

Graciele Gessner




3 comentários:

:.tossan® disse...

Eu adoro suas fotos! Estas estão excelentes iguais a primeira. Abração

Malu disse...

Amigo!!!
Estou tão em falta com tantos amigos, mas o tempo tem sido tão curtinho...
Passei para prestigiar este seu espaço tão cheio de sensibilidade e sempre postagens de belos poemas.
Grande abraço.

Agora vou sentir UM VENTO NA ILHA...

tossan® disse...

E foi lá sim, eu e a Silvania voltamos lá a noite...eheheheh...
Abração