quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

VERSOS MOLHADOS



Gostaria de ser algo suave
Passar por ti e sentir
Lentamente...
o perfume da tua pele
O calor da tua boca...
a suavidade do teu olhar
Gostaria de sentir os teus dedos
dedilhando no meu corpo
acordes perfeitos
melodias ofegantes
versos molhados...

http://anamar.blogs.sapo

3 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Como sempre, belas imagens com belos textos. Um abraço, amigo.

tossan® black&white disse...

Gatas, borboletas, poesia molhada... Só faltou a música! Gostei da última foto. Abraço

Sotnas disse...

Olá Eduardo, desejo que tudo permaneça bem contigo!


Sempre postando belas escolhas, e assim expressa intensa sensibilidade e bom gosto, parabéns pelo poema e também pelas belas imagens!

E assim me vou grato pela amizade e visitas e desejo que tenha em teu viver a felicidade intensa sempre, e boas festas neste encerramento de ano e, até mais!