quinta-feira, 6 de março de 2008

MURMÚRIO


SORIÉVILO


UM TOM DE MELANCOLIA PAIRAVA NO AR...
O SOL VERMELHO, AOS POUCOS SE ENFRAQUECIA !
ERA O CREPÚSCULO VESPERTINO A ANUNCIAR
A SAGRADA HORA DA AVE-MARIA

ALI TUDO SERIA TÃO BELO, TÃO PERFEITO,
NÃO FÔRA AQUELE SER INSATISFEITO
QUE O MAR BRAVIO CONTEMPLAVA
E DE SI PARA SI MURMURAVA

“... ILUSÃO... EIS A VIDA, O QUE É...!! ”
SUA ALMA VACILAVA, POIS CARECIA DE FÉ !!!
“... VIDA... CASTELO DOURADO FEITO NA AREIA,
QUE FORTE, IMPIEDOSO, VEM O MAR E SABOREIA.!! ”

ATRÁS DELE, A MONTANHA
À SUA FRENTE, O MAR
OLHOS FITOS NA IMENSIDÃO TAMANHA,
ESTÁ O HOMEM A DIVAGAR...

A MONTANHA, ALTIVA, PODEROSA,
PARECIA DA VAGA ZOMBAR,
QUANDO ESTA, ASSAZ IMPETUOSA
VINHA A SEUS PÉS AJOELHAR !!!

UM DESEJO FÉRREO DE SER FORTE,
DO HOMEM LOGO SE APODERA !!
DESCRENTE DA VIDA, ROGAVA A MORTE,
UM MILAGRE ENTÃO SE OPERA !!!

PENSA NUM SER ONIPOTENTE,
SENTE VONTADE DE TER FÉ....
ENCONTRA SALVAÇÃO, COMO VIVENTE
...NO SENHOR DE NAZARÉ !!!

http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=11106

Um comentário:

LILICO disse...

Olá Edu...Grato por contemplar-me com um espaço em seu blog. Está muito bonito isto aqui! Parabéns.
Abração pra vc. e um beijo na Sonia pelo Dia das Mulheres. (eu deixo vc dar no meu lugar,ok?)