quarta-feira, 30 de abril de 2008



Desejava olhar para ti todos os dias,
Abraçar-te mansa e docemente,
Beijar abaixo do lábio logo pela manha,
Sentir as tuas mãos suaves no bom-dia,
Provocando palavras de amor e paixão.
Desejava olhar para ti todos os dias,
Dividir por momentos a mesa de um café,
Testemunhar cada alteração na tua beleza,
Caminhar por breves momentos lado a lado,
Despreocupados da vida.
Desejava olhar para ti todos os dias,
Poder respirar o teu perfume,
Fixar os teus olhos verdes lindos,
Falar-te da minha alma aprisionada e sonhadora,
Dos meus desejos de amor secretos,
E da mentira que nós somos
Desejava olhar para ti todos os dias,
Como quem olha o mar revolto na tua falta,
A areia limpa da praia ,
As gaivotas que perguntam por ti,
E o paredão que segura o mar à tua espera.

2 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Quer mesmo? rsssssss.......Lindo tudo aqui.
Te amo
beijos

Chris disse...

Boa Noite,
Navegando pela net me deparei com o seu lindo blog, amei tudo que li é de grande sensiblidade.
Adorei, passarei a te seguir,
Deixo um convite para que visite o meu "cantinho".
Um abraço e Feliz Páscoa!