sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

"Partes"


"Em que parte do tempo
me deixei escapar?
Em que parte do tempo
fiquei a te encontrar?
Em que parte do tempo
alguma vez te perdi?
Em que parte do tempo
Alguma vez te ganhei?
Em que parte do tempo
não fiz perguntas?
Em que parte do tempo
achei as respostas?
Vivo em partes do tempo,
fragmentados em interrogações.
Não correspondem a fração
de minha totalidade.
E, tão pouco equivale ao seu valor;
minha outra metade.
E, caminho por entre cacos,
neste mundo mal dividido.
Em que o que se parte ao meio
são as cobranças que não
foram ditas e feitas.
Então, me vejo juntando partes
que o tempo estava a esconder.
Para que um dia possa enfim,
ver-me inteira,
Ainda que estando longe de você."

Bela Poeta
http://bela-poeta.blogspot.com/

29 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Acho que tudo isso acontece na "parte" em que somos apenas "metades".
Em busca de outra "parte" para sermos "inteiros".
Abraços

gabi disse...

Tudo lindo aqui.

Isa disse...

Faz bem respirar a magia de belos sentimentos por este blog.
Obrigada.
Beijo.
isa.

Branca disse...

Belas palavras...

Bom fim de semana pra vc,
bjo carinhoso.

Cadinho RoCo disse...

Pra não viver assim é só deixar de fragmentar o tempo.
Cadinho RoCo

Papoila disse...

O tempo... se o tempo estivesse à venda vendia-o! Vendia até a razão... belo poema!
Beijos

Marta Vasil disse...

Às vezes as coisas acontecem "fora do tempo" quando não temos "tempo" de enovelar os seus fragmentos.

Docilidade de interrogações nestas profundas palavras.

Um alegre fim de semana mantendo juntas as partes que o tempo teimava em esconder.

MV

Pelos caminhos da vida. disse...

Esse espaço emana amor,carinho,...

Obrigado pela visita.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Z A N Z A - MELGAÇO disse...

Oobrigada pela linda mensagem,seu blog é muito bonito.
um otimo fim de semana pra voce...bjs

Thaís Motta disse...

Caaiu direitnho com tudo que estou passado ... Lindo , muito lindo mesmo !

Mara disse...

Lindo, amei esse poema...seu blog é
1000!!!!
beijussss e bom fim de semana.

tossan disse...

Não é só o tempo. Atitudes também. Belo poema! Abraço

*izil* disse...

Lindo poema, sou como este poema, me deixei perder em partes, sem perceber, aos poucos. Agora sou somente um pedaços, ou talvez sempre fui um pedaço, porque sempre estou a procura de algo, um outro pedaço talvez.
Abraços.
izil

manu disse...

Obrigada pelas belas palavras. Obrigada pelo carinho!

Tenha um ótimo final de semana querido amigo!

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Que lindo isso é pura emoção!
Adoro ler coisas que vem da alma!

Parabéns!

Izinha disse...

Simplesemnte lindooooo amigo,

bjos e ótimo fds...Izinha

Saara Senna disse...

Gostei muito do seu comentário no meu blog, tens razão!

E quanto ao seu post, será que um dia nós conseguiremos mesmo, de fato, montar esse quebra-cabeça??
Juntar as partes e descobrirmos o sentido de tudo??

É uma coisa tão boa de pensar, que as vezes achamos que nunca vamos conseguir... que nossa vida vai ser uma eterna busca, do outro, da outra parte!

Beijo grande!

Sue disse...

Olá, Eduardo! Parabéns pelo blog! Lindo, caprichado, nota mil! Bj!

LaLa! disse...

Nossa valeu msmo vc sempre manda palavras que me confortam =D

bjão

boum FDS

Luiz Caio disse...

Olá caro Eduardo! Como vai?

Sempre belos poemas
a nos brindar neste
aconchegante espaço amigo!

TENHA UM ÓTIMO
FINAL DE SEMANA!

O mar me encanta completamente... disse...

Nem vou dizer nada.
Só aplaudir!
Especial demais!!
Lindíssimo!

Meu carinho sempre!

Bandys disse...

Linda poesia,

Eu ja me vi


Beijos

Escrevendo na Pele disse...

Encantada!! Bjs.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Eduardo.

Somos "partes" o tempo todo em busca daquela que nos torna inteiro.

Lindo poema.


"Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
e se tornar autor da própria história."

Augudto Cury




MARAVILHOSO DOMINGO PARA VOCÊ!!!


♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥

PROFESSOR CARLÃO disse...

Belas palavras... estas que fazem a gente refletir! Tenho dois prêmios de qualidade que recebi e quero compartilhar com você! Está no post "Estatísticas do Blog". Abraços!

Rogério Felício disse...

'para que um dia possa enfim, ver-me inteira.'

Gosto do texto pela leveza e ao mesmo tempo pela sua força!

Dj'ay-C disse...

Acesse: http://www.idjay-c.blogspot.com/
E saiba um pouco mais, sobre as Mentes Perigosas!
:p

Mariana Silveira disse...

Nossa... seu blog é.. Fantástico.
E a imagem.. e o poema me lembram Oswaldo Montenegro - Metade.

Um abraço

Notas e Notícias disse...

Passei por aqui e voltarei outras vezes. Muito bom mesmo!

Abraço