sábado, 7 de fevereiro de 2009

SEGREDO


Esta noite morri muitas vezes, à espera
de um sonho que viesse de repente
e às escuras dançasse com a minha alma
enquanto fosses tu a conduzir
o seu ritmo assombrado nas trevas do corpo,
toda a espiral das horas que se erguessem
no poço dos sentidos. Quem és tu,
promessa imaginária que me ensina
a decifrar as intenções do vento,
a música da chuva nas janelas
sob o frio de fevereiro? O amor
ofereceu-me o teu rosto absoluto,
projectou os teus olhos no meu céu
e segreda-me agora uma palavra:
o teu nome - essa última fala da última
estrela quase a morrer
pouco a pouco embebida no meu próprio sangue
e o meu sangue à procura do teu coração.

FERNANDO PINTO DO AMARAL

15 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
beijos, te amo

Lilian Dalledone disse...

Muito lindo.
Morrer muitas vezes à espera... porque a espera é um calvário, não saber, não poder, não estar...
Tenha um domingo radiante!

Paula Raposo disse...

Gosto muito da poesia que já li do Fernando. Beijos.

Isa disse...

Belíssimo poema.
É sempre um prazer visitá-lo,meu Amigo.
Feliz Domingo.
Beijo.
isa.

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDO AMIGO, BELA POESIA... ADOREI!!! UM BOM DOMINGO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

José Carlos Brandão disse...

O violino repousa no estojo,
a música continua no ar.
As cordas do violino distendidas.
A palavra não morre nunca
como uma corda distendida,
tão tensa.
Um fio distendido no ar
com um pássaro sobre.
Uma palavra distendida.
O violino no ar.

Um ótimo domingo!

Rossy disse...

gracias espero disfrutes de esta semana un abrasito para ti.

Heresias disse...

A morte. O sonho. o mistério. O amor. o sangue. O coração que bate, bate, bate e lhe deseja uma boa semana, cheia de poesia...

Pelos caminhos da vida. disse...

Amigo vim te agradecer por compartilhar junto comigo a data de hoje,obrigado pela sua presença.

Um gde abraço.

beijooo

Avassaladora disse...

"Esta noite morri muitas vezes, à espera..."
Amigo, a noite parece que foi feita pra gente "morrer"...
É quando a solidão bate a porta e nossos pensmentos tomam sas indomáveis!

Beijos e uma boa semana pra ti!

Bruce disse...

Quantas vezes morremos à noite quando a solidão ataca e o gesto da nossa alma longínqua teima em voar diante dos nossos olhos...

Parabéns pelo blogue, está muito bom!

(Carlos Soares) disse...

Passando para desejar uma boa semana, poética e de bons negócios. Agradecendo também a atenção. Um abraço

Xana disse...

Passei para lhe desejar uma semana repleta de coisas boas :)

Mara disse...

Lindo de verdade!!!!!
Uma ótima semana para você!!!
beijussssss

manu disse...

Profundo...

Boa semana!!!!!

Manu