terça-feira, 28 de abril de 2009


Direi aos pássaros que quedem
Seu esvoaçar
Ao mar que aconchegue as marés
Sobre o regaço da areia
Á noite que acenda
Nas pontas dos seus dedos
O brilho da emoção
Ás pedras que calem as passadas
Para que sinta o cetim da inspiração
Vestirei minha alma
De silêncios
Desfolharei cada palavra
Enquanto o vento encosta sua boca
Ao meu rosto
Deixando sobre este manto de azul
Tudo o que sinto
No tracejar deste espaço
Feito de migalhas da Alma.

E.Vieira

16 comentários:

Branca disse...

Quanta poesia...qto romantismo! Gosto demais dos poemas que escolhe!

Excelente dia pra vc...bjo.

Lainha disse...

Diga aos pássaros para vir até minha janela, trazendo toda essa poesia que tu tanto amas...
Brincadeiras À parte.
Lindo poema.Lindo acordar assim, com belas palavras.

Tenha um ótimo dia!!

Lainha. Bjão

neide disse...

Como é bom vir aqui logo cedo. Começar bem o dia lendo essa poesia linda.

Bjss Eduardo

Sandra disse...

Oi amigo!
A vida nos dá asas para voar sempre.
Seu pensamento é muito lindo.
Sandra

Arantza G. disse...

Deshojaré cada palabra mientras el viento acaricia tu boca.
Bonito poema con declaración de intenciones...hummm, que bello.
Un beso.

gaivota disse...

que bonita a foto com estas gaivotas esvoaçando a praia, em migalhas de alma, talvez!
beijinhos

Mara disse...

Boa tarde amigo Eduardo!
Quanta poesia, quanta sensibilidade, continuo sendo fã do seu blog.
Parabéns!!!!
Beijusss

Daniel Costa disse...

Eduardo

Quando os elementos da terra, acedem a tudo o que poeta solicita, vem a inspiração e acontece poesia!

Daniel

Luísa disse...

Desfolhadas são no minho...em Outubro!
Lindas tainadas se montam para apanhar o milho rei!
Belo poema, Eduardo!

LetrasAlinhadas disse...

Gostei muito do blog, ainda que a poesia com o toque ''Brasileiro'' me pareça ainda estranha. Mas vou ler, vou ler bastante, e..aprender. Um abraço!

O mar me encanta completamente... disse...

Bonito e muito profundo,
como o amor que vive
no seu peito!
Muitos parabens por mais
uma bela escolha.


Beijinho.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Eduardo.

O mar, o vento, a noite, as pedras e os pássaros inspiraram uma bela poesia que será desfolhada em cada palavra. :-)

Bela escolha. Sensibilidade a mil!





BOA NOITE E BONS SONHOS PARA VOCÊ!!!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Efigênia Coutinho disse...

EDUARDO MAURICIO POISL
Bela poesia do Viera, com uma imagem soberba, da até vontade de sair voando , alçando o grande mar.

Você sempre tem um bom gosto muito grande, aqui se le boa poesia e aprecia boas fotografias,
Efigênia Coutinho

R@mon_Vitor disse...

A poesia é uma arte tão complexa que é sempre díficil de comentar...

o que eu sei é que suas palavras tem vida. E foi vida que me fez sentir.

"Á noite que acenda
Nas pontas dos seus dedos
O brilho da emoção
Ás pedras que calem as passadas"

*-*
Mágico.

soraia disse...

Oi achei seu blog pelo google.. e to adorando ler.. muito bom gosto que tens.. beijos
ciganita
www.ss-santiago.zip.net

Carolbio disse...

Quanta coisa linda no seu blog...
Parece que se entra num mundo mágico de imagens,cores e sons...
A poesia envolve a gte e nem dá vontade de sair...
Parabéns
bjo