sexta-feira, 1 de maio de 2009

AMOR


é sentir saudade quando não estás junto a mim
é o passeio longo em que nos damos sem falar
é alimentar a alma numa refeição partilhada a dois
é comover-me quando me sussurras palavras do coração
é sonhar-te quando ouço uma canção
é rezar com a Fé inabalável que te sinto
é a tua boca com sabor a mel entre os meus lábios
é entregar-me a ti incondicionalmente
é um chapéu-de-chuva para os dois
é pararmos o tempo no relógio
é procurar um lugar para escutar a tua voz
é o criar de um mundo entre nós dois
é mimares-me... tu
e compreender-te... eu
é um espaço em que não há lugar
para outra coisa que não seja amar...
é algo entre Tu... e eu.

http://alquimiademim.blogspot.com/

6 comentários:

Princesa disse...

O fluir da vida pode trazer
furacões, terremotos e outras calamidades,
mas, quando o Amor existe,
atravessamos todas elas
com um sentimento de invulnerabilidade.

bom fim de senana
um beijo

Mitá disse...

Simplesmente belo...muito,muito lindo

Daniel Costa disse...

Eduardo

Apreciei tanto este poema, como o que me foi deixado.
Sendo apreciador de poesia, tenho de me congratular, até pela escolha.
Agradecido com um abraço.
Daniel

RaH disse...

Sempre belo,simples e distinto adoro seus poemas seu blog eh todo intelectual todo sensitivo
ameio comentario elagante tocante e maravilhoso como sempre
continue assim fikei com Deus

MEUS PENSAMENTOS disse...

sim eduardo amor é td isso com certeza !
vim lhe desejar um otimo fim de semana!

Ana Lúcia Porto disse...

Que passadinha sublime em meu blog...!! Adoro sempre...!!
Prá você também, meu querido, um final de semana bem proveitoso...
Beijossss,
Ana Lúcia.