quinta-feira, 14 de maio de 2009

Em tuas águas...


Em tuas águas navego
Em ti resumo o périplo
da minha volta ao mundo.
Fora de ti, não há saída ou rumo
É em ti que me salvo
... ou que me afundo.
Propício ancoradouro
amena enseada
em ti fundeei minha jangada
em tuas águas balouça
o meu escaler.
Fora do teu mar
eu não sou nada sou peixe
que estrebucha na areia calcinada
da praia
... até morrer
Em ti criei raiz
Em ti habito
Em ti me reconheço
Em ti palpito
Em ti eu esmoreço
Em ti resisto
Em ti eu caio
Em ti eu me levanto
Em ti eu choro e rio
Em ti eu desisto e recomeço
Em ti eu vivo
... Em ti pereço.
É de ti
que me nutro.
Em ti mergulho
Tu és partida e meta
a flecha e o alvo.
Em ti se anula e esbate
o meu orgulho
É em ti que me perco
... ou que me salvo

António Melenas

8 comentários:

Mulher Super Sapiens disse...

Lindo texto... Bom final de semana!
Bjocas!

Conceição Duarte disse...

Lindo demais o poema de Antonio Melenas.

Maravilhoso, amigo!
Um beijo, CON

Conceição Duarte disse...

Lindo demais o poema de Antonio Melenas.

Maravilhoso, amigo!
Um beijo, CON

Bela disse...

Passei aqui para deixar um beijo com votos de um fim de semana fantástico.

(Carlos Soares) disse...

Bonito mesmo. Desejo bom fds, na paz

AFRICA EM POESIA disse...

Num dia particularmente dificil agradeço a Deus o que de bom me dá...deixo para ti...


HOJE


Hoje, é mais um dia.
Mais um que vem e que vai
E amanhã o dia amanhece de novo
Mas… igual a tantos outros…

Esperamos com ansiedade
Que o dia mude rapidamente
E se transforme em algo diferente
E em que nós possamos sentir essa diferença…

Diferença em tudo que nos rodeia
Em tudo que existe à nossa volta…
E consigamos nessa diferença…
Sermos sempre iguais…
E sermos sempre… mais nós…



Lili Laranjo

Fernanda Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Ferreira disse...

Belíssimo...
Aliás todos os seus poemas são maravilhosos.
Parabéns.

Bom fim-de-semana.
Bj.
Fernanda Ferreira