sexta-feira, 17 de julho de 2009

ASAS DA POESIA


Enquanto houver estrelas
Enquanto houver luar
Embalados nas asas da poesia
Podemos sonhar...

Embarcamos neste sonho
Navegando com ilusão
Grandes vagas nos assombram
Arrastados pela correnteza
O intrépido vento a sibilar
O raivoso trovejar, lampeja
Trazendo a fria chuva a fustigar;

A tempestade findou...
O mar serenou...
Céu azul, mar anil...
Alegres gaivotas em revoadas
A brisa leve exala um perfume
Com suave fragrância
De primavera
De flores e de amores.

Aportamos em ancoradouro seguro
A vida com esperança
Desabrocha em nós...
Em cada flor
Em cada pássaro
Em cada amor...

Rita Camargo Caldas

7 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Lindo poema da Rita, fez mais uma vez, uma bela escolha!
beijo com amor

Nanda Assis disse...

poesia é tudo de bom!!!
ta lindo o post de hj,

bjosss...


__00000___00000 *.*. * * .
_0000000_0000000. * . * . * . * .* ..
_000000000000000. * .
__0000000000000 * . * * .*
___00000000000 * . *. *
_____0000000 * . *. * . * . *
_______000 *

Marina-Emer disse...

preciosas fotografias...
Te deseo un muy feliz fin de semana quizas por mar con un barco como el del post
besos
Marina

Luísa disse...

Belo post, com poesia de encantar!
Beijinho terno e boooooooooooooooom fim-de-semana

confesso disse...

Ter um porto seguro é tudo o que procuramos não é mesmo?


Lindo final de semana pars Você...


beijos perfumados...

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
"...Aportamos em ancoradouro seguro
A vida com esperança
Desabrocha em nós...
Em cada flor
Em cada pássaro
Em cada amor..."

Lindo. Um poema fabuloso pelo talento e pureza de si.
Adorei, com sinceridade.
Um instante poético da sua magia feita de beleza. Extraordinário e sensível.

Abraço de respeito imenso e estima enorme.
Sempre a lê-lo atentamente pela sua imensa significação como verseja...magnificamente...

pena

OBRIGADO pela sua amizade que preservo e preservarei sempre.
Deve ser um fantástico Ser Humano de bem.

Anita disse...

Simplesmente linda!!

Bjs no coração.