segunda-feira, 24 de agosto de 2009

CAI A CHUVA ABANDONADA



Cai a chuva abandonada
à minha melancolia,
a melancolia do nada
que é tudo o que em nós se cria.

Memória estranha de outrora
não a sei e está presente.
Em mim por si se demora
e nada em mim a consente

do que me fala à razão.
Mas a razão é limite
do que tem ocasião

de negar o que me fite
de onde é a minha mansão
que é mansão no sem-limite.
Ao longe e ao alto é que estou
e só daí é que sou.

Vergílio Ferreira

10 comentários:

Ana Lúcia Porto disse...

Eduardo, meu querido amigo, há um selo para você, em meu blog...
Beijos e boa semana,
Ana Lúcia.

Luísa disse...

Cai a chuva de mansinho, como quem pede para a acolher!
Vergilio Ferreira, sempre fabuloso com as palavras...
Belo poema com imagem à altura!
Beijinho terno

A Madrasta Má disse...

Aqui em Belo Horizonte depois de um clima muito seco, começou uma chuvinha, está tão bom, tão verde, tão úmido... a chuva é acolhedora mesmo! Bjinhos da Madrasta!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EDUARDO, MARAVILHOSAS FOTOS E POEMA... SUBLIME AMIGO...
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Daniel Costa disse...

Eduardo

Há muito que não lia nada do poeta Vergilio Ferreira, que não anda muito visivel.
Apreciei! Os poemas dele, como os da mioria dos poetas, deixaram de ser muito divulgados.
Abraço,
Daniel

O mar me encanta completamente... disse...

Vergilio é um grande poeta, e foi muito providencial a escolha.
Palavras pintadas pela mão de um poeta pintor...


Beijinho

Ana Martins disse...

Virgílio Ferreira, gosto!

Beijinhos,
Ana Martins

Ana Maria disse...

A razão é limite do que tem ocasião.
Beijooosss!

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Eduardo.

Chuva e melancolia são boas companheiras.

Ótimo poema!!! :-)

************




UMA ÓTIMA SEMANA PARA VOCÊ!!!




“Os ventos que às vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado. Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre...”
Bob Marley





♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

RETIRO do ÉDEN disse...

Só tem boas escolhas, VFerreira gosto muito.

Obga.pela partilha e fazer lembrar estes poetas que nem sempre vamos actualizar-mo-nos.

Quanto às fotos esses locais são muito belos até apetece ir aí...mas o pensamento e uma boleia de pássaros no céu...leva-nos aos países distantes...

Abraço
Mer