sexta-feira, 18 de setembro de 2009

SER... POESIA



Poesia na ponta do lápis.
deslizando suave pelo papel,
Falando de amor, paixão ou
amizade.
Todas com total perfeição...

poesia que fala da alma...
da dança rondando o salão,
das risadas das crianças,
ou do choro que amarga
a boca, a lágrima ...um clarão!

Poesias dos cânticos de roda,
um ramalhete, em versos ou prosa
mas ainda palavras,
vindas do nosso coração.

poesia, uma declaração
de amor, uma breve canção...
Carregando meu sentimento,
livre, sem asas...
pela imensidão!

Betânia Uchôa

7 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Outra linda escolha! Aqui, apesar da cara feia do tempo, está gostoso ficar assim passeando e lendo, lendo e passeando, rsss
te amo
beijo

feiticeira disse...

Sabes aqueles dias de inverno ensolarados em que fica tão bom passear à beira mar, ler um livrinho sentia a bris e sentir a alma acalmar lá dentro, foi que eu senti com essas fotos

Marisol disse...

ADORO SUAS ESCOLHAS , SEJAM ELAS POESIAS , POEMAS , TEXTOS OU CONTOS , VOCÊ TEM O DOM DE TOCAR FUNDO NO CORAÇÃO DAS PESSOAS E ISTO É MUITO BOM , PORQUE NESTE MUNDO DE HOJE É RARO TER ALGUÉM COM A SENSIBIDADE TÃO APURADA .

Unseen Rajasthan disse...

Some really fantastic shots !!Great post..Unseen Rajasthan

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO EDUARDO, BELAS FOTOGRAFIAS E EXCELENTE POEMA... ADOREI!!!
UMA BELA NOITE DE SABADO, DIVERTE-TE...
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

LUNAVE disse...

Linda poesís son tus imagenes, saludos desde México!

http://lunavita.blogspot.com/

Anita "Menina-Flor-Mulher" disse...

Olá Eduardo!! Gostei da poesia, muito ternurinha.

Bom final de semana.

Bjao.