segunda-feira, 12 de outubro de 2009

LEVEZA

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Leve é o pássaro:
e a sua sombra voante,
mais leve.

E a cascata aérea
de sua garaganta,
mais leve.

E o que se lembra, ouvindo-se
deslizar seu canto,
mais leve.

E o desejo rápido
desse mais antigo instante,
mais leve.
E a fuga invisível
do amargo passante,
mais leve.

Cecília Meireles

6 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO EDUARDO EXCEENTES FOTOS... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Andresa disse...

Ola amigo , um otimo dia leve como o voo do passaro
bjs
Andresa

Graça Pereira disse...

As fotos estão extraordinárias e o poema, é a moldura delas.
Um beijo e uma óptima semana.
Graça

Eliana disse...

BOA NOITE, Eduardo

Que imagens lindas!

Voei junto. (rsrs)

Uma abençoada noite e um lindo amanhecer para vocês, com toda a leveza dos pássaros.

Fiquem com Deus,
Abraços,

.simone disse...

DE MIM
©Jade Dantas

Antes de me entregar
que o faça o poema
num gesto definitivo.

Que te acaricie,
música a deslizar
dizendo-te, antes que te diga,

do que sou. Que te leve
meus recatos, desacatos,
antes de mim.

Que te leve este amor.

um bom dia pra você!!
bjs

* Fada * disse...

*Eduardo, a vida da gente é uma

constante correria; né ?!

*Edu, lindo poema e belas

fotos !!! *Parabéns !!!

*Menino,muito obrigada pelos teus

comentários lá no meu amado

*Caderninho !!! Sinto-me sempre

FELIZ com a sua presença e com os

textos - lindos !!! - que você

deixa lá !!!

*Edu, meu amiguinho, desejo-te

uma semana alegre e produtiva !!!

*Fiques com Deus.

*Beijossssssssssssssss.