quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

AS MÃOS, OS BARCOS, O OLHAR

Clique nas fotos para ver no tamanho real


No verão, os mastros têm o brilho
intenso do sal e da água.
E são como as tuas mãos :
levemente inquietas,
levemente acesas,
levemente inocentes.
Não sei o que procuro nos teus olhos.
Talvez uma pretérita adolescência.
Ou um mar.
Ou um barco feito às ondas.
O que digo pode parecer paradoxal.
Encostada ao passado,
o coração tornou-se-me tão frágil
e, simultaneamente tão cruel.
Mas os teus olhos,
os teus olhos perpetuam nos meus
a claridade das manhãs,
a chegada dos pássaros
e este estranho fascínio de te amar.

Edouard Boubat

17 comentários:

Baraçal-press ® disse...

Olá amigo Eduardo as vezes eu apareço. Muito trabalho. Tuas fotos me dão vontade de ir até a ilha. Boas fotos! Abraço

tossan disse...

Bonito poema e tuas fotos mais ainda. A lagoa sempre calma e majestosa! Abraço

PS: De vez em quando ele aparece, mas é difícil.

Maria Emília disse...

Que bela forma de dizer: Te Amo.
As fotos também vêm cheias de amor.
Um abraço,
Maria Emília

Sonia Schmorantz disse...

Achei lindo este poema, combina harmoniosamente com as imagens!
beijos
te amo

direitinho disse...

Continua a postar belos poemas.
Lendo-os navegamos com eles no tempo.
Foi bom passar por aqui e sentir esta brisa suave.

Pena disse...

Brilhante Poeta Amigo:
Um poema delicioso e soberbo de amor feito por uma pena sensível, extraordinária e perfeita. O mar belo. As musas de sonhar e sonhar a que lhes dá a sua ternura e a sua expressão maravilhosa de existir.
A sua linda sensibilidade poética é de pasmo, pela pureza e beleza que ela contém.
Uma "explosão" de versos sublime.
Adorei.
Abraço amigo de respeito profundo.
Sempre a admirá-lo e a respeitá-lo pela sua imensa significação ENORME.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua visita que gostei muito.
Bem-Haja, fabuloso poeta!

Arantza G. disse...

Muy bonito el poema.
Un abrazo y un gran besote.

Maria Flor! disse...

Olá Eduardo,

Que delícia de blog, belas fotos e as poesias então? Belissímas.
Continuo por aqui te lendo e me inspirando.
Ah! Linda sua família, Parabéns!
Felicidades a todos!

Beijos da Flor!

ONG ALERTA disse...

O mar calmo mas talvez agitado igual a vida, igual ao amor nunca podemos ser iguais pois a vida é um aprendizado assim como o amor quando amadurecemos aprendemos a ver tudo diferente, talvez nosso mar fique mais calmo, mais sereno e o amor mais puro, paz.

gaivota disse...

vim-te ler na onda desse barco... e ouvir dizer aue o amor está no ar!
beijinhos

R.Ferrari disse...

Fotos de uma qualidade fantastica. É sempre gratificante passar pelos teus blogs. Qualquer hora dou uma passada por ai para nos conhecermos.
Abraços.

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Boa Tarde!
Passando para deixar meu carinho
e agradecer sua visita!
Uma bela tarde para você e uma excelente noite!

Beijoss fica com Deus!

Luar do amor disse...

Quando se ama, o amor cerra o coração a todos os prazeres que não decorram dele.Feliz o homem que alcançou a prudência...beijos

Mara disse...

Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

(Mário Quintana)

Passei para ler, para olhar essas lindas fotos e para desejar um ótimo fim de semana!
Beijo
Amiga Mara.

Martinha disse...

No verão tudo é mais colorido :)
Beijinho *

AFRICA EM POESIA disse...

EDUARDO

bom ano de 2010 E um beijinho...

ESTE AMANHECER...


É mesmo amanhecer...
E é bom sentir...
Que mesmo no escuro...
No frio...
No fim do túnel...
Temos que...
Saber esperar...
E...
Ter esperança...
Pois rápidamente...
Aparece o amanhecer...

LILI LARANJO

mundo azul disse...

_________________________________


Fotos e poema... Lindos!
Obrigada, meu amigo, pela feliz postagem...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________