terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

COMO UMA ILHA

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Banhas-me assim
Em ondas de amor morno
Passadas que são as marés vivas
E as tempestades da paixão
Um dia dirás de mim ter sido ilha
Fechada entre as brumas e o mar
Guardando segredos quietos
Caladas crateras de alma
Que só conseguiste espreitar
Porque as ilhas vivem dentro delas
E ao mar entregam toda a solidão
Banham-se nas ondas de amor terno
Morno
Na praia esperam a volta da maré.

http://vidadevidro.blogspot.com

Amigo e seguidores da Sônia, UM VENTO NA ILHA.
Venho aqui avisar que infelizmente o meu amor não esta postando devido há uma virose, febre e um mal estar, então nada melhor que um bom descanso, tenho certeza que ela volta em breve com suas belas postagens.

11 comentários:

Sonhadora disse...

Eduardo
Espero que não seja nada grave e a Sonia fique bem.

Beijinhos

direitinho disse...

Gostei muito deste jogo de palavras sabiamente escolhidas e usadas.

Desejo as rápidas melhoras da Sônia.

Lou a esquizoffrenica disse...

Bom dia amigo, que lindo o poema de hoje. Espero que a Sónia melhore rápido. Beijos para ambos e as melhoras para ela.

Pelos caminhos da vida. disse...

O Caminho Verdadeiro do Ser Humano

Quando encontras o caminho pelo qual teu coração deseja percorrer, não demora e logo passas a sentir...

As águas abençoam a tua presença e dos quatro cantos os ventos chegam e purificam o teu ser.

A chuva na mata, os pássaros velozes, os trovões da grande coragem te sacodem, multiplicando a tua eterna beleza.

Teus pés pisam sobre a terra, renovando a energia que constrói teu saber.

O teu alimento é o amor, irmão sagrado.

Abre teu plexo, expande tuas cores.

Olha além do céu, além do mar...

Olha além de ti, além dos teus pensamentos e encontra tua paz, tua conexão com a verdadeira natureza que a tudo abençoa, pois vem do Grande Espírito.

Teus companheiros, aqueles que vibram no mais puro amor, acompanham teus passos, sempre.

Revigora, há muito para aprender.

Deixa que teu coração te dê a visão e encontra o caminho do verdadeiro ser humano.

Deixa que teu guia esteja à frente e segue a vontade que dele vem.

Ele sabe de ti.

Ama, apenas ama e entrega.

A natureza, junto ao amor do Pai, trará tudo que necessitas para caminhares, com alegria, por ti mesmo.

O que está dito, está dito.

Bom dia!

beijooo.

tossan disse...

Pois é amigão este calor está demais, viroses e outras coisas. O importante é se cuidar e beber muito líquido. Um beijo na amiga Sonia.
Um dos poemas mais lindos que vi aqui do estilo que mais gosto e a segunda foto é magnífica! Abraço

gaivota disse...

boas e rápidas melhoras para sónia, estas virosas são sempre uma chatice de tratar...
e a maré volta sempre!
beijinhos

Ivana Marisa Altafin disse...

Olá,
Calor está demais, mas com muito líquido a Sônia já vai ficar bem. Quanto ao poema; o bem que o mar nos proporciona não tem tamanho, um grande presente de Deus que o homem não está respeitanto. Um abraço e um ótimo final de semana!

Tatiana disse...

Olá !
Estimo a melhora da Sônia!

Um beijo carinhoso para vocês!

Rosa disse...

Saudades de navegar no seu blog. andei meio que afastada pois o meu final de ano e início está sendo muito dificil após o falecimento de meu pai, três meses atrás agora perdi meu esposo de infarto do miocardio agudo hj fazem 33 dias. Estou tentando retomar minha vida, e voltei a escrever no blog, espero que vc de uma passadinha lá. um bj carinhoso Rosa Carvalho

José Ramón disse...

Criatividade e imaginação de fotos de Jose Ramon Thanks for the comments
Saudações

Deusa Odoyá disse...

Olá meu querido amigo.
As fotos são lindas e seu poema mais lindo ainda.
Desejo melhoras para a Sõnia.
Muito descanso e muita agua.
Beijos em ambos.
Fiquem na paz.

Regina Coeli