segunda-feira, 19 de abril de 2010

POESIA !

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Abra essa garrafa,
É vinho d’outra safra,
É poesia curtida,
Mas pode ser sorvida.

É perfume de alfazema,
Composto em um poema,
Veste a alma de alegria,
Desaperta em si a magia.

Todo poema é assim,
Um mar azul sem fim,
Água que beija a areia,
Ao canto de uma sereia.

E quando fala de amor,
O coração vira flor,
A alma se veste de lua,
E a paz se torna nua.

Na verdade me inebria,
Quando me toma a poesia,
Me eleva ao paraíso,
E de mais nada eu preciso.

Santaroza

9 comentários:

RaSena disse...

muito lindo!
falar em forma de poesia traz alegria, encantamento ao coração!
tenha uma boa semana - cheia de luz!
abraços,

tossan disse...

Poesia soberba do tipo metáfora que gosto muito!(inventei esse agora) Já estive nesse lugar destas lindas fotos. Saudade. Abraço

LOURO disse...

Olá Eduardo!
Fotos soberbas,com um sublime poema...Parabéns pela escolha!!!
Abraço
Lourenço

IT. disse...

Imagens lindas!
Sinto falta de mar e horizontes, então,venho aqui...Minas Gerais não tem mar, o mar de Minas está no azul do céu.

Grande Abraço!

IT

Agulheta disse...

Amigo Eduardo.
A poesia pode e deve ser curtida! com ou sem vinho,e nela traga um pouco de um sorriso e alegria.
As fotos lindas como sempre neste espaço.
Beijinho Lisa

Pérola disse...

A poesia é como um belo vinho.
Suave e gostoso.
Um beijo grande.

Efigênia Coutinho disse...

Olá EDUARDO POISL, desejo explicar minha ausencia, foi o batizado da minha netinha, e depois vim aqui para New York, onde fico até fins de maio, mas estava saudosa deste seu espaço belíssimo,
Efigênia Coutinho

Cecília disse...

Lindas imagens, poema maravilhoso!!!

Beijos!
Tenha uma ótima semana!

Luis disse...

Caro Amigo Eduardo,
Sempre postando poemas muito belos acompanhados de suas igualmente belas fotografias. Verdade seja dita que o mar proporciona bonitas imagens!
Um abraço e uma óptima semana.