quinta-feira, 13 de maio de 2010

BALADA DOS SONHOS


Canto o amor dos sonhos
perdidos nos recantos
das rimas musicadas,
com sabor do impreciso
onde cada verso se desfaz

Do abandono absoluto,
fica o silêncio completo
do meu sorriso incompleto
na tua ausência que escuto

E a música entoa
claves de saudades,
sonhadas sem efeitos
sob o derradeiro azul da aurora
em esboços perfeitos
nas letras do sol

Conceição Bentes

9 comentários:

Sônia Silvino disse...

Olá!
Vim lhe fazer uma visitinha. E desejar um ótimo final de semana.
Bjkas, muuuuuitas!

Daniel Costa disse...

Eduardo

Bonita balada de sonhos, um sonho de poesia, sempre um sonho a luz e o azul das fotos.
Daniel

José luis disse...

Vine a saludarte y disfutar de tu casa, fantansticas tus letras y la imágenes que es lo mio son geniales, preciosas.

Un fuerte abrazo, José luis.

Fernanda disse...

Amigos Eduardo e Sónia!

Desculpem se uso o mesmo espaço para vos dar um abraço amigo.

Perdoem-me se não comento, mas estou com alguns problemas visuais e não leio convenientemente o que é está publicado em fundos pretos com tons azuis...
de momento!

Espero resolver este problema rapidamente.

Beijinhos a ambos,

Na Casa do Rau

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Estava de férias, aí amigão? Ai, que inveja. Energias renovadas numa bela balada e belas imagens. Um abraço e ótimo final de semana

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Eduardo,

Quem pode, pode, né...?!Rs Férias fora de época...

Que delícia de poema... Esse sol embalando essa saudade, junto a uma música...

Beijos e bom retorno...

tossan disse...

Espero que tenha aproveitado as férias, as fotos indicam que sim.
Sensacionais! Abraço

Everson Russo disse...

Uma balada que embala a vida,,,o coração e deixa a alma serena....abraços fraternos amigo e um belissimo final de semana.

M@ria disse...

"Encare o futuro de frente

esqueça o que foi passado

mas, sempre que necessário....

faça bom uso do aprendizado."


Valter Montani


Saudadessssssssssss...BOM FDS