domingo, 16 de maio de 2010

NÃO ME ESQUEÇAS

Por favor, não me esqueças,
Só porque o mundo gira e rola,
As aves evadem-se para Norte
E as flores recolhem-se, no silêncio..
Por favor, não me esqueças,
Nem quando a lua se esconde, no céu,
E as nuvens viajam, clareadas,
Na noite que desce sobre nós.
Por favor, não me esqueças,
Até que eu chegue ao sol poente
E me volte para ti, acenando,
Suba o arco-iris, cantando,

E desapareça na névoa e no mar..
Só, então, sim, tu podes, tu deves
Esquecer-me. Não serei mais
Que uma onda de espuma
Banhando a areia.

ILona Bastos

9 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Parabéns pela escolha, o poema é lindo!
beijos, te amo

Sonhadora disse...

Eduardo
Um lindo poema, escolheu bem,e
uma imagem que transmite calma.

Beijinhos
Sonhadora

Malu disse...

Belo! Como sempre é tudo por aqui.
Agora mesmo ouço Guilherme Arantes a me acompanhar nestes versos, nesta súplica do não esquecer.
Fabulosos.
Um beijinho e uma ótima semana, amigo

Caminhos Poéticos disse...

"...Sabe o que eu quero de verdade?
Jamais perder a sensibilidade, mesmo
que às vezes ela arranhe um pouco a alma.
Porque sem ela não poderia sentir
a mim mesma..."

Clarice Lispector

Te desejo uma semana de amor e muita paz!!

EU SOU NEGUINHA disse...

Lindo poema...lindas fotos
Beijos e uma linda semana

M@ria disse...

" Gosto e preciso de ti
mas quero logo explicar...
Não gosto porque preciso,
preciso sim por gostar."

(Mário Lago)

Feliz semana com amor e poesia!


OBS: Tem selinho aqui prá voce...Beijos!

gaivota disse...

lindo poema, com saudade...
beijinhos

Luis disse...

Amigo Eduardo,
É sempre belo visitã-lo, pelas suas escolhas nos poemas e pelas suas fotografias. É tudo a condizer!
E pode ter a certeza que não me esqueço de voltar!!!
Um abraço amigo.

R.Ferrari disse...

Ola Eduardo.
Bom te ver de volta.
É melhor o Gremio ganhar logo esta copa do Brasil. eheheheh
Abraços.