segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O MAR E O SONHO

Clique nas fotos para ver no tamanho real


O mar azul que tanto me fascina
Que me traz à vida novas cores
Alenta meu coração sofrido
A sonhar novos amores.

Que imensidão profunda
Esse mar, abismo de saudade
Que me confunde a lembrança
Entre a mentira e a verdade.

Sonho com a alma de poeta
Que vive cada sonho em agonia
Esperando em seu sonho triste
Algum momento de alegria.

E de sonho em sonho volitando
Entre nuvens de pensamentos
Busco a verdade escondida
Dentro dos meus sentimentos.

Queira Deus que nunca me canse
De sonhar esperando coisas novas
Vivendo a cada dia a emoção
Que em minh’alma se renova!

(Maria Rita Bomfim)

4 comentários:

Luís Coelho disse...

Um poema muito bonito como todos os que falam do mar.
As ondas trazem recordações, mágoas e tantas lembranças.

Sandra disse...

Parabéns pelo seu lindo trabalho, amigo. Relamente estava com saudades de ti.
Obrigada por ter vindo mesmo que seja pelo o email, amigo.
Ando mesmo muito ocupada. por isso quase não apareci mais.
Mas fica aqui o registro de um grande abraço a todos dos seus.
sandra

More Than Words disse...

O Mar... o mar faz-nos sempre tanto desabafar...

Boa semana, um abraço

T!na

rouxinol de Bernardim disse...

O mar é poético... até quando em fúria!