segunda-feira, 4 de outubro de 2010

SAUDADE...

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Do tempo que eu não tinha medo...
Das minhas noites tranqüilas,
Do dia chuvoso e nublado...
Ah... saudade! Por que me aniquilas?!...

Saudade
Da paz que nem eu sabia que tinha...
Do jardim colorido e molhado
Da rosa que era só minha,
Do beijo ingênuo e roubado!...

Saudade
Do sorriso alegre no rosto,
Dos olhos que ainda brilhavam!
Do cheiro, do toque e do gosto,
Dos lábios que se encontravam!...

Saudade
Das tuas mãos nas minhas,
Do abraço quente e apertado,
Do sino e das andorinhas,
Do amor eterno jurado!...

Ginna Gaiotti

8 comentários:

RaSena disse...

Eduardo,
que lindo!
sentir saudades de um tempo que há muito se foi e, que infelizmente, não volta!
tenha uma boa semana!
abraços,

tossan® disse...

Olá Eduardo como vai indo? Espero que esteja tudo bem. A linda poesia da saudade é do tipo que eu gosto e a foto do bem-te-vi é fantástica. Abraço

Luís Coelho disse...

Saudades das coisas boas da vida da tua ou da minha.
Recordações agradáveis que sempre gostamos de reviver

Carmo disse...

Eduardo, é sempre bom recordar coisas agradáveis que passaram na nossa vida. Como sempre excelentes fotografias.
Beijo e boa semana

Sonhadora disse...

Eduardo
Como sempre um lindo poema, escolhes sempre bem.

Beijinhos
Sonhadora

Amor feito Poesia disse...

De esquecer que um dia eu tive dor e agonia!

Perpetuando sempre esse amor na mente!...

Betânia Uchôa


Saudações Poéticas! Beijos no coração!!M@ria

Baraçal-press ® disse...

Olá Eduardo, de vez enqundo venho te visitar e apreciar tuas fotos, abraços, bye, bye...

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Eduardo,

Tempos bons esses...!! Saudades..., mesmo...

Muito gracioso.

Beijos e bom final de semana,