quinta-feira, 4 de novembro de 2010

SINTO TUA PRESENÇA


No som das águas
No canto dos pássaros
Na beleza das flores
E no balsamo que delas exalam
Posso sentir a Tua presença.

No sorriso do bebe
No colo da mãe
Na brincadeira da criança
Com seus coleguinhas
Ao admirar um sono suave
Posso sentir Tua presença.

Num sol que surge
Após uma forte tempestade
Num belo amanhecer
Com raios de sol
Ou no entardecer
Quando ele se põe
Dando lugar à lua e estrelas
Na maravilha do cosmos
Posso sentir Tua presença.

No olhar de um jovem
Que vence as drogas
Na esperança e paz
De alguém que se encontra doente
Na dedicação de pessoas
Que trabalham paras os desasistidos
Desamparados e marginalizados
Posso sentir Tua presença.

Enfim, em cada detalhe
Existente no universo
E gesto de amor
Posso Sentir Sua presença.


Ataíde Lemos

7 comentários:

tossan® disse...

Gostei das fotos principalmente a última! Abração

Malu disse...

Como é bom poder sentir a presença de alguém nos gestos mais simples.
Um grande abraço amigo

Carmo disse...

Excelente poema de amor ao Divino.
As fotos, como sempre são bonitas e serena.
Abraço e boa semana

Marina-Emer disse...

como tus preciosos versos ha sido un nuevo amanecer ..... ya que me encontre tu enlace que lo habia extraviado...he tenido alegria para venirte a visitar desde"Espigas del alma"
te dejo con cariño un abrazo y ha sido un placer venir a verte ,
un beso
Marina

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

A saudade caminha no espaço
ao sabor do vento,
escrevo sem destino certo
as linhas da emoção,
guardadas no coração.

AMARILIS PAZINI AIRES

Boa Noite e Feliz Semana!M@ria

Maria José disse...

Olá amigo!
É sem dúvida maravilhoso olhar essas fotos que vc coloca no seu bloger,vc é uma pessoa que vive intensamente.

Carmem L Vilanova disse...

Amigo Eduardo,
Não me canso de admirar a beleza de tuas fotos...
Beijos, flores e muitos sorrisos!