terça-feira, 17 de março de 2009

POEMA AO MENINO


Um menino trazia um fio de búzios
na concha da minha mão.

Era criança ainda
mais jovem do que eu julgava
ou imaginava ser
ou ver
no azul profundo os tons ocre e sépia
da falésia
que caía sobre o mar.

Era o tempo das nêsperas e das amoras
que ainda brilham
nos meus olhos.

Mas era já o tempo das ondas lavrando
a areia, gaivotas estridentes
clamando contra o vendaval.

E o menino nada sabia do vento áspero
da montanha
nem da rigorosa fixidez
do pão do condenado.

Ah, o menino
era apenas uma criança ainda jovem
que procurava búzios na praia
junto ao mar
.
no azul profundo do céu
que imaginava
na cor das nêsperas e das amoras
que ainda hoje animam
os meus olhos!...

Vieira Calado
http://vieiracalado-poesia.blogspot.com/
Visite este blogger

13 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Muito bom esse poema do menino brincando no mar.me fez lembrar um que tenho: O VELHO, O MENINO E O TEMPO. Gostei também do poeta louco.Mas é isso mesmo, que bom que a poesia se renova.É um jeito de dizer diferente coisas já ditas ,sem ser repetitivo.

manzas disse...

Belo poema do nosso amigo Vieira Calado!

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Nanda Assis disse...

lindissimo.

bjosss...

Fabricante de Sonhos disse...

Como sempre, belas palavras que me fazem viajar!

Ótima quarta feira!!!!

Bjs!

Fabricante...

Portaria ILEGAL disse...

Queima de Judas envie a sua quadra para aqui: http://portaria-59.blogspot.com/
Se o autor deste blogue deixar claro está.
Cumprimentos a todos.

Xana disse...

Mais uma bela escolha :)
beijos meus

Lucinha disse...

Lindo poema amigo.. parabéns...
Que tenhas uma quarta feira iluminada.. parabéns pelo seu blog.

Beijinhos

Vieira Calado disse...

Olá, amigo!

Muito obrigado por ter postado este meu poema.

Vou juntar o endereço do seu blog a nova lista (a postar), dos blogs que colocaram trabalhos meus.

Um forte abraço

Lia disse...

Olá amigo Eduardo,
já tenho lido poemas deste senhor(e gosto muito;0)Parabéns!
Deixo um sorriso e um raio de Sol.

Mariazita disse...

Meu caro Eduardo
Venho do Lírios agradecer a sua visita, e convidá-lo a ir ler um poema de Carmo Vasconcelos, poeta portuguesa muito conceituada no mundo das letras, que publiquei no domingo.
O poema é uma homenagem aos poetas brasileiros.

Muito lindo este poema do amigo Calado. Boa escolha.

Beijinhos
Mariazita

Luísa disse...

Vieira Calado é um poeta algarvio, português!
Corre-lhe nas veias o sangue de navegador.Descobre novos sentidos poéticos, novas brisas de palavras com rimas e sonoridades de trovador!
A sua gentileza em publicar deve tê-lo feito sentir-se muito bem!
Um bom prenuncio para a publicação do seu novo livro a 21 de março, dia da poesia!

Beijinho terno pela sua sensibilidade!

neide disse...

Eduardo, mais um lindo poema, adoro ler Vieira e fico feliz em vê-lo aqui.
Parabéns por essa bela escolha.

Boa noite.

Bjss

Jorge Vieira Cardoso disse...

aconchego em meu pensamento poesias das suas páginas que acrescentam alma!

Abraço...