terça-feira, 21 de abril de 2009

Amo o teu túmido candor de astro


A tua pura integridade delicada
a tua permanente adolescência de segredo
a tua fragilidade acesa sempre altiva
Por ti eu sou a leve segurança de um peito
que pulsa e canta a sua chama
que se levanta e inclina ao teu hálito de pássaro
ou à chuva das tuas pétalas de prata
Se guardo algum tesouro não o prendo
porque quero oferecer-te a paz de um sonho aberto
que dure e flua nas tuas veias lentas
e seja um perfume ou um beijo um suspiro solar
Ofereço-te esta frágil flor esta pedra de chuva
para que sintas a verde frescura
de um pomar de brancas cortesias
porque é por ti que vivo é por ti que nasço
porque amo o ouro vivo do teu rosto

ANTONIO RAMOS ROSA Portugal.

13 comentários:

Angela Guedes disse...

Bom dia, Eduado!!!
Quando o coração fala, tudo se torna mais belo.
Lindo poema.
Abraços.
Angela

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao despertar para mais um dia, eleve o pensamento aos céus.

Alcance, pelo pensamento, as altas paragens onde reina a harmonia...

E já não ouvirá os sons estridentes da Terra, mas as melodias suaves dos Anjos, dos Arcanjos, dos Serafins, que são mais delicadas que as brisas da manhã quando brincam na folhagem dos bosques...

Eleve a alma ao Criador e sinta o perfume das flores celestes cultivadas nos mundos sublimes.

Busque a paz interior e, só então,
levante-se para ter um bom dia...

beijooo.

a magia da noite disse...

A importância do verbo não se resume à própria palavra mas aos sentido que nela colocamos.

Melsavinon disse...

Voce se dedica a escrever de toda a sua alma...e isso transparece
parabéns.

BLOEM disse...

Parabéns por sua alma.
Um beijo por todo o carinho.

A cor da Imaginação disse...

Adorei as palavras, bela escolha pra postar em seu blog.

Beijossssssss

Mariazita disse...

Com dezenas de livros de poesia publicados, António Ramos Rosa merece ser lembrado. Tem poemas muito bonitos, e este não foge à regra...
Obrigada pela partlha.

O poema que deixou no Lírios, de Octávio Paz, é muito interessante.

Um resto de dia feliz

Beijinhos
Mariazita

Luísa disse...

Sempre belos os poemas escolhidos.Mais um que me diz algo muito especial...fala da alma, do amor, de mim! (poderia ser...)
Beijinho terno!

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...permiteme llevarme tu puesta de sol a mis sueños esta noche en el alma..un fuerte abrazo jose ramon.

sidneymramos disse...

Olá Eduardo, prazer em conhecer seu blog.
Logo engrandece a alma assistir o que é feito com dedicação e carinho.

O mar me encanta completamente... disse...

Oi Eduardo.
Mais uma feliz escolha.
Vejo em cada poema,
uma bela obra de arte!

Linda noite!


Glória

neide disse...

Querido amigo Eduardo
Como você escolhe bem os poemas e a foto está linda.
Adoro ler suas postagens.

Bjsss

Fernanda Ferreira disse...

Viva Caro Eduardo,

Foi com grande emoção que li este poema...
Confesso, não conhecia e é lindíssimo, obrigada pela partilha.

Bjs.