sexta-feira, 22 de maio de 2009

TE ENVIO O MAR


Te envio o mar.
O mar rumoroso que trago em mim,
um mar de sal e conchas que talham os pés,
um mar de areias, poeira, moluscos enterrados.

Te envio o mar que trago nas mãos
e desfio pérolas em contas de lágrima,
alívio, vento no rosto,
maresia e iodo, coral.

Te envio o mar que trago nos olhos,
ardidos, cheios de terra, ondas e espuma,
um mar que pode estar perto de ti,
ainda que estejas longe dele.

Te envio o mar que trago na boca,
salitre, sol, palavras fugidias que
não escutarias com a rebentação.
Te envio o mar que faço em mim.

PATRICIA ANTONIETE

8 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Carinho é plumagem bonita, macia, gostosa de sentir.
Quem dá afeto se fortifica; quem o recebe se acalma,
se tranqüiliza, se equilibra.

Fez uma linda e amorosa escolha.
te amo
beijo

Vieira Calado disse...

Olá, bom dia!

É com muito gosto que informo
que coloquei o endereço do seu blog,
(onde colocou um poema meu)

em nova postagem, no meu blog.

Muito obrigado.
Bjs

Bandys disse...

Obrigado pelo gesto de amizade! è recíproco;

Belo texto de Patricia;

beijos e um ótimo fds

Conceição Duarte disse...

UM BEIJO PARA VC MEU AMIGO, E BOM FINAL DE SAMANA, con

Anônimo disse...

Hummm..., que solzinho da manhã mais provocador...!!
Eduardo, se cada cafezinho que for tomar me pagar assim, com uma poesia, meu espírito é quem irá se enriquecer...!!Rs Mas, evidente, que quem sairá ganhando será eu mesma, por essa sua amizade que retribuo sem moedas, contudo, com o mesmo peso do carinho.
Beijos,
Ana Lúcia.

Meg disse...

O mar é o repouso vivo que intercala a agitação do quotidiano. Representa a imensidão e o pulsar da vida.
O cheiro da maresia é sensual.
O teu poema é lindo de verdade. Teria orgulho se alguém mo tivesse dedicado.
Abraço
Meg

Valdemir Reis disse...

Amigo Eduardo é sempre com grande alegria que retorno para este importante espaço. Honrado e feliz. Quero agradecer sua amizade, atenção e gentileza. Muito obrigado! Parabenizo você pela harmonia e qualidade deste trabalho. Grande tema, ótima escolha, belissimo texto, relevante, muito bom mesmo, uma preciosidade, gostei. Valeu ter passado aqui. “Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Aguardo sua visita, passa lá! E volte sempre! Tenha um agradável e feliz fim de semana. Muita paz, brilho, proteção e sucesso. Tudo de bom, prosperidade... Fique com Deus. Forte e caloroso abraço.
Valdemir Reis

Pelos caminhos da vida. disse...

Fim de semana iluminado.

beijooo.