domingo, 31 de maio de 2009

UM DIA


Um dia quando a ternura
for a única regra da manhã,
acordarei entre os teus braços,
a tua pele será talvez
demasiado bela
e a luz compreenderá
a impossível compreensão do amor.
Um dia quando a chuva secar na memória.
quando o inverno for tão distante,
quando o frio responder devagar
com a voz arrastada de um velho,
estarei contigo e cantarão pássaros
no parapeito de nossa janela,
sim, cantarão pássaros, haverá flores,
mas nada disso será culpa minha,
porque eu acordarei nos teus braços
e não direi nenhuma palavra,
nem o princípio de uma palavra,
para não estragar
a perfeição da felicidade.

.
José Luis Peixoto

15 comentários:

Nanda Assis disse...

lindissimo. desculpe o sumiço, acho que to devendo uma visita no seu blog novo.

bjosss...

Anita Fonseca disse...

Ola Eduardo!! Bela escolha esse poema, tão suave.

Bom começo de semana.

Fica na Paz.

Abraços.

CelyLua - O blog das Letras disse...

Olá, Querido Amigo!

Tudo bem com você? Espero que sim.
Passando pra convidar você a pegar no meu blog “CelyLuaOBlogdasletras” Nosso primeiro selinho.
Adorei o texto...
Palavras que despertam o espírito a sonhar...
Deus te abençoe.
Beijos de poesias perfumados...
Carinhosamente,
CelyLua, Amiga e fã do seu belo blog.

Muito obrigada!

Karla Moreno disse...

Que lindo texto!
Uma ótima semana pra voce!
Beijos, Kakau =D

Menina do Rio disse...

Um poema lindo e a promessa de uma vida...

Um beijo e uma ótima semana

Mariazita disse...

O “Lírios” assinala o Dia Mundial da Criança.
Queres ir conferir?
Um dia feliz.

Beijinhos
Mariazita

Iana disse...

Caro amigo

Tão suave são suas palavras
são doces e perfeitas como uma
encantadora melodia... Perfeito!

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver

um forte abraço da rosa amiga e uma semana linda

Iana!!!

Ana Lúcia Porto disse...

Passei para lhe desejar um bom início de semana...
Beijos,
Ana Lúcia.

Serena Flor disse...

Como sempre poema belíssimo!

Um grande beijo e desculpe a minha ausência, mas a falta de tempo está me pegando!
Um beijão e ótima semana pra você bonitinha!

Nátalin Guvea disse...

que bonito!

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...un dia entero para mar,dar y ser uno ya dos en tu palabra llena de amor y sensibilidad...desde mi alma a la tuya siempre ...jose ramon.

Fragmentos Betty Martins disse...

.___________olá:=)





vim conhecer o seu "espaço"________amei!




voltarei se não se importar:=)





(agora vou dar "um saltinho" até à "ILHA")









beijO________ternO

Ana Maria disse...

Belíssimo blog, encontrei vc através da minha amiga Helô de Eternos Sonhares.
Convido a visitar meus 4 blogs. Sua visita é muito importante.
Beijinhos!

Daniel Costa disse...

Eduardo

Como vem acontecendo tomei contacto com um belíssimo poema.
Agradeço todas as boas atenções com que o Eduardo me tem distinguido com interessantes poemas.
Daniel

Bruna Barbosa disse...

Olá, gostei muito dos seus poemas, me identifiquei muito com eles e achei explêndido a sua capacidade de nos transportar para esse mundo.
Quando quiser visite meus blogs também e conheça um pouco de minhas palavras.
Parabéns.
beijos