domingo, 10 de maio de 2009


Vem sem receio: eu te recebo
Como um dom dos deuses do deserto
Que decretaram minha trégua e permitiram
Que o mel de teus olhos me invadisse.

Quero que o meu amor te faça livre,
Que meus dedos não te prendam
Mas contornem teu raro perfil
Como lábios tocam um anel sagrado.

Quero que o meu amor te seja enfeite
E conforto, porto de partida para a fundação
Do teu reino, em que a sombra
Seja abrigo e ilha.

Quero que o meu amor te seja leve
Como se dançasse numa praia uma menina.

(Lia Luft)

22 comentários:

Marisol disse...

SUSPIREIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!

Rosemari disse...

Eduardo

Que imagem linda essa e acompanhada de Lya Luft fica perfeita!!
Um abraço

Rose

A Madrasta Má disse...

Olá meu querido.... uma semana abençoada e linda pra vc! Aqui sempre com harmonia e lindas palavras... Bjinhos da Madrasta!

Bandys disse...

Oi Eduardo,
Lia é ótima!
Quero que o meu amor te seja leve
Como se dançasse numa praia uma menina.
Hummmm fico aqui só imaginando

beijos
o

Izinha disse...

Oi amigo,

poema belíssimo, vc sabe mesmo como escolher.

uma semana lindinha prá vc.

bjos!

REGGINA MOON disse...

Maravilhosa essa composição de Oswaldo Montenegro, sempre me emociona...cada um fazendo as suas Listas...e um dia as levaremos conosco, com nossas histórias.

Muito grata pela visita, bela postagem de Luft, que é genial!

Abraços carinhosos,

Reggina Moon

REGGINA MOON disse...

Maravilhosa essa composição de Oswaldo Montenegro, sempre me emociona...cada um fazendo as suas Listas...e um dia as levaremos conosco, com nossas histórias.

Muito grata pela visita, bela postagem de Luft, que é genial!

Abraços carinhosos,

Reggina Moon

Liz / Falando de tudo! disse...

sempre gosto das coisas que a Lia escreve, ela sempre com poesias e poemas leves, adoro!
boa semana!

Pena disse...

Admirável Poeta Genial:
Possui um dom em tudo o que faz: MARAVILHA!
Um belo e fantástico poema de amor direccionado ao ser feminino de sonho.
Quanta beleza nas palavras. Fabulosas!
"...Quero que o meu amor te seja enfeite
E conforto, porto de partida para a fundação
Do teu reino, em que a sombra
Seja abrigo e ilha.

Quero que o meu amor te seja leve
Como se dançasse numa praia uma menina..."

Sublime! Tem um génio gigante.
Qual delas não gostaria do seu lindo versejar...?
Adorei, amigo. Mesmo sendo homem.
Um hino às doces mulheres. Todas!

Abraço de imenso respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-lo...

pena

OBRIGADO pela simpatia enorme de talento lá deixada no meu blog.
Bem-Haja! Grato...imenso...

Eu disse...

Este amor é maravilhoso, pois liberta e se fortalece nesta liberdade.
Uma linda semana para você, amigo.
Elida

Paulo Sempre disse...

À morte

«Morte, minha Senhora Dona Morte,
Tão bom que deve ser o teu abraço!
Lânguido e doce como um doce laço
E como uma raiz, sereno e forte.
Não há mal que não sare ou não conforte
Tua mão que nos guia passo a passo,
Em ti, dentro de ti, no teu regaço
Não há triste destino nem má sorte.
Dona Morte dos dedos de veludo,
Fecha-me os olhos que já viram tudo!
Prende-me as asas que voaram tanto!
Vim da Moirama, sou filha de rei,
Má fada me encantou e aqui fiquei
À tua espera... quebra-me o encanto!»

(Florbela Espanca)



Abraço

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Eduardo...
Desejo o mesmo a você, uma semana perfeita, daquelas em que os dias se iniciam e terminam bem, durante toda a extenção de seus 07 dias.
Que mãe de rosto jovem a sua... Falando nisso, Dia das Mães acaba por nos lembrar que somos eternamente crianças, em se tratando de aconchego e carinho, quando viramos "pobrezinhos" ao lado da mamãe...
Beijosss,
Ana Lúcia.

Menina do Rio disse...

Leve
como leve folha ao vento,
como uma valsa
Assim devia ser o amor!

Deixo-te um beijo de boa semana

Lucinha disse...

Olá doce amigo, que lindo... o amor tem que ser leve... hummmm meu anjo parabéns...

Uma linda semana pra ti.. beijinhos em seu coração

Luísa disse...

Esta felicidade de te ler,
nas postagens belas de poesia,
dá-me ternura e lucidez para encarar o dia com alegria!

Beijinhos lusos!

Olhar o mar disse...

Por aqui passei para lhe desejar uma boa semana e mergulhar em poesia.

Um abraço deste outro lado do oceano
olharomar

Conceição Duarte disse...

Lia Luft, sábia mulher!
Sábias palavras...
Um beijo CON

Sidney Ramos disse...

Fisionomia

Não é mentira
É outra
A dor que doi
Em mim
É um projeto
De passeio
Em círculo
Um malogro
Do objeto
Em foco
A intensidade
De luz
De tarde
No jardim
É outra
Outra a dor que dói.
(Ana Cristina Cesar)

©tossan disse...

Há em teus olhos
Uma tristeza azul.
Esperança e desejo
De um sonho arco-íris.
Diante de ti
Distante do teu coração.
Desencanto com o sol
Desencontro dos dias de inverno.
Menina,
Sabes a razão disso tudo?
Porque é assim tão diferente?
Talvez um dia...
Encontrarás um pote de ouro
No fim do teu sonho arco-íris.

Recebi por e-mail sem o nome do autor. Abraço

neide disse...

Adoro te ler, você sempre nos presenteia com belas poesias.

Tenha uma semana abençoada Eduardo.

Bjss

Adolfo Payés disse...

es un gusto leerte y sentir los versos.. con el alma..

saludos fraternos
un abrazo

Bichodeconta disse...

Em primeiro lugar parabéns meu amigo..Sua mãe é linda, eu só não digo que sua mãe parere uma rainha , porque regra geral rainha é feia, azeda, matida a besta, parece que saiu da cama e bebeu um copo de vinagre.. Sua mãe é linda! Depois parabéns por mais estes magnificos poemas e pela partilha.. Tenha uma feliz semana ..De por mim um abraço em sua mãe, mulher muuuuuuuuuito bonita..Um abraço..