terça-feira, 5 de maio de 2009

A VIDA


A vida é o dia de hoje,
A vida é ai que mal soa,
A vida é sombra que foge,
A vida é nuvem que voa;
A vida é sonho tão leve
Que se desfaz como a neve
E como o fumo se esvai:
A vida dura um momento,
Mais leve que o pensamento,
A vida leva-a o vento,
A vida é folha que cai!
A vida é flor na corrente,
A vida é sopro suave,
A vida é estrela cadente,
Voa mais leve que a ave;
Nuvem que o vento nos ares,
Onda que o vento nos mares,
Uma após outra lançou,
A vida – pena caída
Da asa de ave ferida –
De vale em vale impelida,
A vida o vento a levou!

João de Deus
Imagem. Eduardo Poisl

28 comentários:

Carlos Bayma disse...

Sempre fico grato com suas visitas ao meu blog, levando sempre as mais nobres poesias. Um grande abraço, Carlos.

Nanda Assis disse...

lindo poema sobre a vida que passa feito um vento num dia quente.

bjosss...

Reggi* disse...

Oiiiee ! =D
adorei o poema e a fotinhaa!!
beijãããoo.. ;*

Reggi* disse...

Oiiiee ! =D
adorei o poema e a fotinhaa!!
beijãããoo.. ;*

Carminda Pinho disse...

Olá Eduardo!
Muito obrigada pela sua visita.

O poema de João de Deus, é muito bonito.
A vida é mesmo "um sopro suave".

Um abraço daqui.

Ana Lúcia Porto disse...

Obrigada pela gentil visita e pelo carinho dispensado a minha pessoa... Desejo em dobro a você..., meu amigo querido.
Beijosss,
Ana Lúcia.

©tossan disse...

Belo poema, gostei muito! Parabéns pela ótima escolha. Abraço

Se o teu coração sofre
e no caminho encontrastes
uma pedra, lembre-se
que nela também tropecei e me feri...
tossan

Conceição Duarte disse...

Eduardo, adorei a foto! Tá muito legal, linda! O poema é muito bom tb, esse não é seu, né?
Obrigada por sua visita, sempre muito agradável e suave!
Um beijo grande, fique com Deus, CON

Laura disse...

Olá; comecei a ler e pareceu que já sabia o resto...pensei, mas que poesia idêntica à do J de Deus, desci, fui lendo e, claro que era...

A vida é um sol
Que nem sempre brilha
A vida é a lua
Fugidia e nua
A vida é amor
Ternura
Ciclos sem fim
de amor
Loucura
Mas é a vida que trazemos
E temos de vivê-la
Assim...

Escrito aqui e agora...Também sou poetisa, pequenina poetisa apenas... Um beijinho da laura e tenho ai um amigo muito querido, o Alves...

Adolfo Payés disse...

Un gusto leerte. me ha gustado tu blog , tus poemas y las imágenes muy preciosas que comparte..

saludos fraternos
un abrazo

olharomar disse...

Obrigado pela sua visita que me permitiu descobrir seu blog e as poesias que connosco partilha.


um até breve deste outro lado do mar
olharomar

Pena disse...

Admirável Amigo:
Um belo e puro sonho, a VIDA.
Quanta pureza e beleza o seu versejar.
De um talento e sensibilidade ímpares de maravilhar, os seus!
"...A vida é sonho tão leve
Que se desfaz como a neve
E como o fumo se esvai:
A vida dura um momento,
Mais leve que o pensamento,
A vida leva-a o vento,
A vida é folha que cai!..."

Uma excelente opção poética.
Anseio-lhe todos os sonhos plenamente concretizados.
Possui o génio, a força, a inércia, de um pensamento saudável e majestoso de encantar.

Abraço forte de respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-lo

pena

Bem-Haja pela simpática visita expressa no meu blog.
EXTRAORDINÁRIO POETA!

(Carlos Soares) disse...

Essa é a vida.Inconstante.. mas alucinante... até por isso memso. desejo uma linda semana, um abraço

Bela disse...

As pedras da vida
vou guardando para mim
um dia construirei um castelo com elas ..

Fernando Pessoa

Um beijo muito grande com votos que a sua semana seja fantástica.
Um beijo

Efigênia Coutinho disse...

EDUARDO POISL


É Isso, a vida é o agora, e viver com toda felicidade que existir.
Venho agradecer a sua sempre gentil visita aos meus Blogs, é muito gratificante a gente ter amigos, e principalmente com tanto carisma.
Hoje venho lhe convidar para conhecer meu novo espaço , que é sedicado a todos os amigos,
Efigênia Coutinho
http://efigeniacoutinhoselospremiosblogsamig.blogspot.com/

Flor de Lótus disse...

Boa dia.
linda a poesia.
"Muitas das circunstâncias da vida são criadas por três escolhas básicas: as disciplinas que você decide manter, as pessoas com quem você decide estar; e, as leis que você decide obedecer. "

(Charles Millhuff)

Arantza G. disse...

Muy agradable leer los poemas con los que nos complaces.
Un beso grande.

Cadinho RoCo disse...

A vida é o que nos permite fazer tudo.
Cadinho RoCo

Bandys disse...

lindo!

A vida é o maor!
Adorei a foto,

Beijos

Menina do Rio disse...

Pois é... Viver é tão somente o momento!

Seja bem vindo, Eduardo!
Um beijo

O mar me encanta completamente... disse...

Hoje é o que temos,
o ontem já se foi e o
amanhã ainda não veio.
Que seja intenso
cada segundo.

Beijo

Serena Flor disse...

Passando por aqui pra deixar um largo sorriso e um beijo bem grandão pra ti viu!

poetaeusou . . . disse...

*
a vida . . . nossa,
,
um abraço,
,
*

Luísa disse...

Não me cantes a vida porque ela tem mil encantos para mim!
Não me cantes a vida porque nela sofro um pouco...demasiado, enfim!
Não me cantes a vida, porque dela farei uma opereta com um só único fim!
Beijinho terno!

Dois Rios disse...

A vida gera poesia.
A vida é poesia.

Beijo,
Inês

Izinha disse...

Belo poema, amigo.

Tudo é amor.

bjos imensos prá ti!

Everson Russo disse...

A vida é a agua que nos escorre pelos dedos e nao temos como segura la...forte abraço amigo, tenha uma otima noite de poesia e paz...

www.olivrodosdiasdois.blogspot.com

Agulheta disse...

Eduardo.

A vida é sonho
magia e felicidade
a vida é correr
atrás do sonho
ver murchar a flor
A vida é ter amor
para ti e para todos

Beijinho