segunda-feira, 14 de setembro de 2009

MAR



Mar!
Tinhas um nome que ninguém temia:
Era um campo macio de lavrar
Ou qualquer sugestão que apetecia...

Mar!
Tinhas um choro de quem sofre tanto
Que não pode calar-se, nem gritar,
Nem aumentar nem sufocar o pranto...

Mar!
Fomos então a ti cheios de amor!
E nem eras um campo de lavrar
Nem um corpo a gemar a sua dor!

Mar!
Enganosa sereia rouca e triste!
Foste tu quem nos veio nemorar,
E foste tu depois que nos traíste!

Mar!
E quando terá fim o sofrimento!
E quando deixará de navegar
Sobre as ondas azuis o nosso pensamento!

(Miguel Torga)

13 comentários:

Indiana disse...

Querido amigo Eduardo,
Muito obrigada pelo texto me caiu como uma luva,atrás das nuvens sempre existirá o sol...
Lindo texto MAR,MAR,MAR...
Abraços,uma excelente semana.
Indiana.

Baby disse...

Liiiindo poema, não fosse ele do grande Torga.

Linda também a foto que é tua.

Beijo.

Paula Raposo disse...

Belo post! Lindo poema do nosso Miguel Torga. Beijos.

Eliana disse...

BOA TARDE, Eduardo

Muito linda a mensagem do cartão.

Obrigada,

Que Deus os Abençoe, Ilumine e Proteja e sejam muito felizes.

Fiquem com Deus,

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Eduardinho

Que mistura explosiva: pum!!!! O Torga, o enorme e telúrico Adolfo Correia Rocha, juntamente com as tuas excelentes fotos, tinha de dar um resultadão. E dão, caro Amigo, e dão.

Tive o privilégio de ter privado com o escritor na NOSSA língua a quem - tal como ao também NOSSO Jorge Amado - faltou o Nobel. Ambos mais do que o mereciam. Seriam obrigatórios em Estocolmo. Mas, infelizmente - não foram.

E, por incrível que pareça, também me dei com o Jorge e a Zélia, aqui em Portugal e na Bahia. As voltas que a vida dá...

Obrigado pela tua inscrição, faltam agora os cumentários (com o) frequentíssimos. Fico, de novo, à tua espera.

Abs

jlge disse...

Amigo Eduardo, tienes algo especial, combinar poesia con unas buenas fotografías hace que ver tu blog me aporte mucha paz y serenidad y asi poder estar delante de esta caja cuadrada, felicidades, un saludo desde España.

Agulheta disse...

Querido amigo. Sempre encontro por este ladao,lindos poemas e belas palavras que me encantam,para não falar nas fotos nele contidas.
Agradeço de coração a amizade sempre presente no meus blog e visita.
Beijinho no teu coração
Lisa

RaSena disse...

olá, Eduardo!
que benção poder viver em um lugar maravilhoso como estas fotos que nos presenteia - um lugar inspirador.
mar! que saudade do mar!
tenha uma linda semana!
carinhos....

Serena Flor disse...

Miguel Torga é tudo de bom...adoro!
E a foto ficou perfeita!
Passando pra deixar o meu carinho e agradecer pela visita e cometário lá no Alma pelo aniversário...obrigada de coração meu amigo! Bjs.

José Carlos Brandão disse...

O mar fascina-me, e Miguel Torga fascina-me. A grandeza abissal da natureza, e a grandeza abissal da natureza humana. Dois mistérios que se encontram.

Uma ótima semana para vocês.
Grande abraço.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Eduardo.

O mar sempre proporcionando belíssimas poesias e imagens.

ADORO O MAR!!! :-)

************

"Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal."
Friedrich Nietzsche







BOA SEMANA!




♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥




http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

mariam disse...

Eduardo,

Fantástica escolha! Esta e todas as outas, parabéns!

Um abraço e o meu sorriso :)
mariam

mariam disse...

'outras'

:)