domingo, 4 de outubro de 2009

RUA DA SOLIDÃO

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Eu amava aquela terra
onde as ruas eram livres
onde eu podia correr.
Dei um nome a esta rua
rua da solidão
números das ilusões.

Lá as noites eram lindas!
luar, estrelas, solidão
céu azul quase veludo
os vaga-lumes piscando
com inveja das estrelas
brilhavam pra se mostrar.

Noites enluaradas
a árvore fazia sombra
tudo ficava tão lindo!
e eu não parava de sonhar
ali eu plantei mil sonhos
e mil ilusões eu plantei
mas da rua da solidão eu sai
em outra terra fui viver
e as ilusões, e os sonhos,
não chegaram a florescer.

Terezinha C Werson

Imagens do Ribeirão da Ilha Floripa SC

8 comentários:

R.Ferrari disse...

Belo Ribeirão.
Lindas Fotos.
Um grande poema, mas é bom não pensarmos em solidão.

Eliana disse...

BOM DIA, Eduardo

Eu, antes do meu chamado para seguir a Cristo, era uma pessoa que gostava muito pouco da solidão. Tinha uma necessidade de estar sempre com outras pessoas.

Hoje, depois de tantas vivências e experências, só troco a minha "solidão" por um bom motivo.

O que eu conquistei no sentido de "Liberdade", não abro mais mão, por nada desta vida.

Agradeço a Deus, ter-me trazido até vocês, pois é sempre bom poder trabalhar junto de pessoas como vocês.

Que Deus os Abençoe, os Guarde e os Proteja na Palma de Sua Mãos.

Obrigada por nos presentear com tão lindas postagens.

Fique com Deus,
Abraços,

José Carlos Brandão disse...

Parece que conheço essa igreja, essas ruas... E eu nem conheço Florianópolis. Vi de longe a ponte Hercílio Luz - faz tempo, em 62 ou 63... Estou velho, não?
Então, boa noite - e uma ótima semana para você.

Carmem L Vilanova disse...

Eu que também amo tirar fotos, venho deliciar-me com tanta beleza das fotos que voce publica...
Nao conheço Santa Catarina, mas pelo que vejo, deve ser lindo...

Beijos, flores e muitos sorrisos neste começo de semana! :o)

Pena disse...

Genial Amigo poeta:
Esta "Rua da Solidão", maravilha.
Delicia sussurrando os seus encantos mil.
A sua magia poética é fabulosa Perfeita.
Um poema de fazer uma vénia de agrado. Pela pureza, intensidade melodiosa e de enternecer. É Fantástico.
Abraço forte de respeito e estima.
Sempre a admirar o seu prodigioso talento.

pena


FENOMENAL.
Bem-Haja, extraordinário e sensível amigo.

Layara disse...

Ah! essas ruas e esquinas que nos fazem lembrar, lmebrar da vida.

ótima semana!

Um beijo!

(Carlos Soares) disse...

Bonita lembrança da amiga Terezinha. Imagens perfeitas. Desejo ótima semana. Um abraço

Andresa disse...

Linda rua de Solidão...
Uma otima semana
Bjs Andresa