terça-feira, 8 de dezembro de 2009

ADORO VOAR

Clique nas fotos para ver no tamanho real


Meu vôo é certeiro, vou além das nuvens,
Abro as portas do céu, escancaro suas janelas.
Arranco as cortinas do tempo, e dou aquela espiada.
Vou além das estrelas, contornando a lua.

Dou voltas e reviravoltas, nas ruas do universo.
Mesmo sem mapas, não me perco, não tenho medo!
No caminho, encontro com outros seres alados.
Traçando seus destinos, opostos ao meu.

Aproveito e mergulho nas outras galáxias
Danço com os pássaros que flutuam sobre a atmosfera
Abraço as primaveras da alegria

Tenho cuidado para não abater o vôo das borboletas
E vou bailando com movimentos suaves, delicados.
Vou voando na direção do meu amor!

Paty Padilha

8 comentários:

MARIA L. BÓZOLI disse...

Aproveito e mergulho nas outras galáxias
Danço com os pássaros que flutuam sobre a atmosfera
Abraço as primaveras da alegria

amigo.......lindíssimoooooooooo
Parabéns pela escolha.

Beijos prá ti.

Sonia Schmorantz disse...

Lindo este "vôo poético"!
beijos
te amo

Sandra Mara disse...

Vim através desse vôo poético, cai no mar, nadei e fiz de seu blog o meu refúgio, o meu porto seguro... Amei!
Lindo poema!
Desculpe-me por invadir assim seu cantinho.Entrei sem permissão, mas com certeza e se vc deixar, é claro, virei mais vzs, pq aqui me senti mto bem, e em casa...
Parabéns pelo seu blog. Um bálsamo para nossos olhos...
Um começo de semana iluminado e abençoado.
Até já já!

direitinho disse...

Que maravilhoso poder voar deata maneira. Entrando no ceu e contornado a lua.
Só mesmo alguem nesta imaginação criativa e encantadora.
Escolhe sempre poetas muito bons.

Everson Russo disse...

E o bom desses voos de amor é que o infinito é o limite...belissimo poema,,,otimo dia pra ti...abraços.

gaivota disse...

são sempre lindos os teus voos, as tuas fotos e os teus poemas!
beijinhos

Carmela Alves disse...

Eu também adoro voar.
Lindo!

Bjos

Sandra Helena Queiróz Silva disse...

Agradeço sua visita ao meu Blog e seu comentário,seu blog é fantástico em fotos e textos,eu vôo além de mim,e faço isso diariamente é um renascer interior fascinante.Um abraço.