quarta-feira, 17 de março de 2010

A POESIA QUE EU GOSTO

Clique nas fotos para ver no tamanho real


A poesia que eu gosto
É aquela que não se esconde
E se fugir
Não vai ao longe
Ao contrário
Caminha junto ao coração
A poesia que eu gosto
Possui toque emocional
Jeito atestado
Sempre indo ao seu lado
O sorriso requisitado
A poesia que eu gosto
Tem palavras simples
Às vezes rima pobre
Mas quase sempre, gosto nobre!
Atiçando o paladar da ilusão
A poesia que eu gosto
Faz sonhar
Traz um não sei o que de mar
Tanto que o infinito dói no peito
Mesmo na mansidão do seu refrão
A poesia que eu gosto
Bem sei, vem de você!
Que não diria! Amei você
Já que o amor não diz porquê
Só ama
No eterno conjugar do presente
Neste nosso lindo alvorecer...

Gerson F. Filho

18 comentários:

tossan disse...

A poesia que eu gosto é aquela que eu sinta como esta. Muito bonita!
Belas fotos Eduardo! Lá no klic falo de gente. Abraço

in natura disse...

Olá Eduardo, lindas fotos gostei de todas, mais da primeira e o poema é lindíssimo. Lá tem palhaço de novo, só falta mais um e depois vou seguir o teu conselho. Beijuss

direitinho disse...

A poesia que eu gosto é a que me faz viver, correr, sorrir e amar

RETIRO do ÉDEN disse...

Gostei de tudo por aqui.
parabéns pela escolha.
abraço
Mer

Vivian disse...

...a poesia que eu gosto
reside em todos os corações
de amor.

maravilha de post!

bjbj

Ivana Marisa Altafin disse...

A poesia que eu gosto é essa sua poesia Gérson, que é simples e toca o coração da gente. A poesia que eu gosta é essa que você fez. Parabéns Gérson, um abraço Eduardo!

poetaeusou . . . disse...

*
bom gosto, Eduardo,
parabens,
,
um abraço,
,
*

Tatiana disse...

A poesia que gosto são aquelas que como esta que aqui está nos inspira a vida!

Um beijo carinhoso

Fernanda disse...

Olá amigo Eduardo,

Como sempre a sensibilidade de escolher belos poemas e ilustrá-los com belíssimas imagens.

Beijinhos ao casal,

Lainha disse...

Lindas fotos!! Linda poesia!!

"Hoje o dia amanheceu com uma cara de fotografia de paisagem.
Acho que vou me esconder em algum canto da casa.
Ou então, vou me pendurar na parede." (rsrsrs)

Bjãooo!! ;)

Mahria disse...

Eu gosto tanto de poesia e acabo gostando de todas elas. Porém as que eu mais gosto são aquelas que me faz lembrar dele...

Bjs
Mah

Sônia Silvino disse...

Este blog faz sonhar!
Bjkas!

Sônia Silvino disse...

Este blog faz sonhar!
Bjkas!

Sônia Silvino disse...

Este blog faz sonhar!
Bjkas!

Sônia Silvino disse...

Este blog faz sonhar!
Bjkas!

Sônia Silvino disse...

Este blog faz sonhar!
Bjkas!

Sônia Silvino disse...

Desculpa... não entrava o comentário e... repetiu! rs
Bjkas!

AMARIS disse...

Eduardo... amei este poema...vou roubá-lo, posso?

Amigo, não te acho mais nos seguidores do meu blog, uma pena,
porque era mais fácil pra entrar
aqui, quando vou lá...rs
deu pra entender?

Damáris