domingo, 23 de maio de 2010

AMAR

Amar
É ouvir a tua voz, sentir os teus lábios e
o teu colo aconchegante,
É estar no areal junto ao mar e
observar a lua em noites de frio.
É olhar o céu e saber que cada estrela é um beijo teu
Segurar as tuas lágrimas de doce sal com o meu coração.
É ler contigo os poemas de todos os poetas.
Andar numa noite de inverno pelas ruas desertas
de volta para casa.
É dizer na mesa de um café as palavras certas
Transformar esse local nas nossas rimas de amor.
Amar…
É tocar estrelas sem sair do chão,
Tocar na essência do tempo,
entre o certo e o incerto,
Entre o dar e o receber...
Fechar os olhos e aprender a voar...
Amar é envelhecer querendo te abraçar.
Sônia Schmorantz

7 comentários:

tossan® disse...

Que lindo poema da Sônia. Tuas fotos também. Abraço

direitinho disse...

Amar é envelhecer querendo te abraçar.

Muito bonito este poema e este amar.

Que Deus abençoe o teu amor

Sofia Carvalho disse...

"Amar"
"É tocar estrelas sem sair do chão,
Tocar na essência do tempo,
entre o certo e o incerto,
Entre o dar e o receber...
Fechar os olhos e aprender a voar...
Amar é envelhecer querendo te abraçar"...
Tao lindo este poema Eduardo!
As fotos não lhe ficam atrás. GRANDES fotos! Parabéns!

Arantza G. disse...

Muy bonito.
Siempre encuentro la belleza reflejada en los versos que nos muestras.
Besos

olharomar disse...

Olá Eduardo,
Feliz de voltar a escrever neste seu cantinho onde o amor sempre tem seu lugar,
Sua felicidade brilha nas fotos, nos textos ou poemas que connosco partilhas - é bom de ver essa cumplicidade e partilha de afectos que esvoaçam nas palavras.
Recebam uma sincera onda de amizade que lhes envio deste outro lado do mar.

RETIRO do ÉDEN disse...

Tenho sempre preferência pelos poemas da Sónia.
Parabéns por esse amor...transformado em lindas palavras.
Abraço para si Sónia.
Mer

R.Ferrari disse...

Sábios versos com lindas fotos.
Abraços.