sábado, 22 de maio de 2010

QUEM AMA INVENTA

Quem ama inventa as coisas a que ama...
Talvez chegaste quando eu te sonhava .
Então de súbito acendeu-se a chama!
Era a brasa dormida que acordava...
E era um revôo sobre a ruinaria,
No ar atônito bimbalhavam sinos ,
Tangidos por uns anjos peregrinos
Cujo dom é fazer ressurreição ...

Um ritmo divino? Oh! Simplesmente
O palpitar de nossos corações
Batendo juntos e festivamente ,
Ou sozinhos , num ritmo tristonho ...
Ó! meu pobre , meu grande amor distante ,
Nem sabes tu o bem que faz à gente .
Haver sonhado ...e ter vivido o sonho!

Mário Quintana 

5 comentários:

tossan® disse...

Essa tua primeira foto é formidável, é a horinha mágica que eu gosto mais de fotografar e é rápida como o arco-iris.
O poema do meu poeta Quintana favorito ao lado de Drummond Abração

Efigênia Coutinho disse...

Bom dia Eduardo,
como adoro vom aqui ler boa poesia e ver as fotografias da Ilha da magia,
bom domingo para você,
Efigênia Coutinho

Valquíria Calado disse...

Pessoa linda, vim aqui te convidar pra conhecer meu blog novo:HANUKKÁ, UM ESPAÇO TB SEU. BJS

JESUS em sua Palavra diz:
Se o meu povo, que se chama pelo meu nome( filhos do Pai),
se humilhar, e orar, e me buscar,
e se converter dos seus maus caminhos,
então, eu ouvirei dos céus,
perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.

Bom e cheio de benção seja teu domingo

Pérola disse...

Parabéns pela postagem.
Vim te deixar um beijo de domingo.
Beijokas.

Amor feito Poesia disse...

O amor verdadeiro tem perfume,
uma doce essência no querer amar.

"E só extrai esta essência,
o sábio que sabe vive-lo.
Porque o verdadeiro amor,
por si só é a própria essência."

Joe Luigi

Uma semana de amor & Paz...M@ria