domingo, 17 de outubro de 2010

JUNTO AO MAR

Chego para te ver junto ao mar
È ali que gostas de estar sentada
Procuro no passadiço pelo teu olhar
Olhos que são leais de bela encantada
Chego para te ver junto ao mar
É ali onde a onda é quebrada.

É imaginação sem sentido
Caminhar pela praia na tua procura
Querer ouvir do mar se te sou esquecido
E olhando as gaivotas na minha loucura
É imaginação sem sentido
Chorar de saudade pela tua ternura.

saldanossapele 
 

5 comentários:

M@ria disse...

A Lua as vezes tem formato de virgula para mostrar-nos que nem no infinito a Amizade o Amor e o Carinho terão um ponto final.

Leticia


Feliz semana e beijos meus! M@ria


OBS:Hoje sou a convidada e homenageada pelos "Amigos do Farol"
http://nuestramizade.blogspot.com/

Visitem-nos aqui......e obrigada!!

gaivota disse...

só as fotos já valem as palavras!
beijinhos

Malu disse...

Ah! E como é bom esperar junto ao mar a quem amamos...
Os olhos da pessoa amada a confundir-se com a cor e a respiração com as ondas...
Muito bom...
Um abraço, Eduardo

tossan® disse...

Eu poderia dizer que a segunda foto é a melhor, mas a mais bonita é a terceira. Abraço

M@ria disse...

Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre:

Vinicius de Moraes

Obrigada por voce existir!Amo sua amizade...M@ria